Articulação temporomandibular: análise pseudodinâmica por imagens de ressonância magnética

Nenhuma Miniatura disponível
Data
1998
Autores
Guimaraes, Antonio Sergio [UNIFESP]
Orientadores
Smith, Ricardo Luiz [UNIFESP]
Tipo
Dissertação de mestrado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
A dinamica da ATM, e amplamente conhecida segundo varios estudos realizados empregando-se diferentes metodos. Dentre os metodos de avaliacao por imagens, o emprego das Imagens por ressonancia magnetica (IRM) apresenta maior acuidade. o objetivo deste trabalho foi analisar o interrelacionamento das estruturas anatomicas da articulacao temporomandibular (ATM) nas diversas fases da dinamica articular em voluntarios assintomaticos. A amostra constou de 35 voluntarios avaliados por IRM antes de tratamento ortodontico. Comparandose os lados no movimento de abertura atraves de imagens obtidas a cada 5º, verificamos que nao ha simultaneidade da posicao dos condilos na fossa mandibular no movimento de translacao. Na posicao de maxima intercuspidacao, 78,54 por cento das articulacoes visibilizadas pelas IRMs apresentaram o relacionamento condilo/fossa articular com posicionamento anatomico funcional (RC) e 21,46 por cento fora desta posicao, considerada de adaptacao funcional. Na fase boca aberta total, consideramos que 62,85 por cento dos condilos apresentaram normoexcursao. Realizamos tambem uma correlacao entre as medidas angulares e lineares, na fase boca aberta total nao apresentando diferencas significantes entre os voluntarios portadores de arranjos oclusais de Classe I e Classe II de Angle e nos grupos homem e mulher
Descrição
Citação
São Paulo: [s.n.], 1998. 87 p.
Coleções