Relationship between peripheral and mesenteric serum levels of CEA and CA 242 with staging and histopathological variables in colorectal adenocarcinoma

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2009-10-01
Autores
Cardoso, Mauro Lamelas [UNIFESP]
Fernandes, Luís Cesar [UNIFESP]
Kim, Su Bong [UNIFESP]
Matos, Delcio [UNIFESP]
Orientadores
Tipo
Artigo
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
PURPOSE: To compare histopathological variables and staging in colorectal adenocarcinoma cases with CEA and CA 242 in peripheral and mesenteric blood. METHODS: In 169 individuals underwent surgery for colorectal cancer, CEA and CA 242 were analyzed and compared to mesenteric and peripheral blood and correlated with macroscopic tumor's morphology and size, degree of cell differentiation, venous, neural and lymphatic involvement and TNM classification. RESULTS: There was a difference between the mesenteric (M) and peripheral (P) serum levels of CEA (p=0.020). Higher levels of markers were correlated with venous invasion CEA (P) p=0.013, CEA (M) p=0.05, CA 242 (M) p=0.005 and CA 242 (P) p=0.038; with advanced staging CEA (P) < CEA (M) (p < 0.05); CA 242 (P) < CA 242 (M) (p < 0.05); and with greater dimensions CEA (P) < CEA (M) (p < 0.001); CA 242 (P) < CA 242 (M) (p < 0.001). CA 242 became higher with neural invasion (P): p=0.014, (M): p=0.003). CONCLUSIONS: There were higher mesenteric than peripheral levels of CEA. Both mesenteric and peripheral levels of CEA and CA 242 were higher in neoplasm with venous involvement, greater diameter and advanced stages. There was a correlation between CA 242 and neural invasion.
OBJETIVO: Comparar variáveis histopatológicas e graus de estadiamento do adenocarcinoma colorretal com níveis sanguíneos periféricos e mesentéricos de CEA e CA-242. MÉTODOS: Em 169 doentes submetidos ao tratamento cirúrgico por adenocarcinoma colorretal, CEA e CA-242 foram analisados e comparados quanto aos níveis sanguíneos periféricos e mesentéricos e correlacionados com o tamanho e a morfologia macroscópica do tumor, grau de diferenciação celular, invasões venosa, linfática, neural e a classificação TNM. RESULTADOS: Verificou-se diferença significante entre o nível sérico mesentérico e periférico de CEA (p= 0,02). Níveis séricos mais elevados dos marcadores foram observados e correlacionados com invasão venosa, CEA (P) p=0,013, CEA(M), p=0,05, CA-242 (M) p=0,005 e CA-242 (P) p=0,038. Grau de estadiamento TNM avançado foi associado com CEA(P) < CEA(M) p<0,05, CA-242(P) < CA-242(M) p<0,05. Nas maiores dimensões tumorais constatou-se CEA(P) < CEA(M) p=0,001 e CA 242 (P) < CA 242 (M) (p < 0.001). O CA 242 periférico e mesentérico aumentados associaram-se com a invasão neural, p=0.014 e p=0.003, respectivamente. CONCLUSÕES: O nível sérico mesentérico de CEA é superior ao nível sérico periférico. Os níveis séricos mesentéricos e periféricos do CEA e do CA-242 são mais elevados no adenocarcinoma com invasão venosa, de maior diâmetro e de estadios avançados. Existe uma associação entre o nível sérico do Ca-242 e a invasão neural.
Descrição
Citação
Acta Cirurgica Brasileira. Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia, v. 24, n. 5, p. 405-410, 2009.
Coleções