Requisitos estruturais da heparina necessários para indução de vasorrelaxamento

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2016-05-04
Autores
Palomino, Carlos Modesto Vera [UNIFESP]
Orientadores
Lima, Marcelo Andrade de Lima [UNIFESP]
Tipo
Dissertação de mestrado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Heparin is a natural glycosaminoglycan, and is widely used in medicine due to its potent anticoagulant and antithrombotic effect being used, as such, for the prophylaxis and treatment of thrombosis. In endothelial cells, it was observed that heparin promotes nitric oxide (NO) production and .subsequent vasorelaxation effects. However, because of the potential adverse effects that are associated with its potent anticoagulant effect, heparin usage as a drug capable of controlling vascular pressure is impaired. In this study, we propose to identify/determine which are the minimum structural requirements of heparin needed to promote vasorelaxation and, ultimately, determine whether its vasorelaxation effect is independent of its anticoagulant effect. For this, we used heparin and chemically modified derivatives as well as the heparin synthetic pentasaccharide in the thoracic aortic rings taken from male rats of 300 grams. The relaxation effect is then detected in a data acquisition system via apressure transducer, which meas~res the contraction and relaxation of the aortic ring Iying in physiologic solutions and controlled temperature mimicking the physiological state.
A heparina é um glicosaminoglicano natural e é amplamente utilizada na medicina devido ao seu potente efeito anticoagulante e antitrombótico, sendo usada, dessa forma, na profilaxia e tratamento de trombose. Em células endoteliais, foi observado que a heparina promove produção de óxido nítrico (NO) e subsequente efeito vaso relaxador. Porém, devido a potenciais efeitos adversos que estão associados ao seu potente efeito anticoagulante, seu uso como fármaco capaz de controlar a pressão vascular é impedido. Assim, neste estudo propõem-se identificar/determinar quais são os requisitos estruturais mínimos da heparina necessários para promover o relaxamento de vasos e por fim, determinar se o efeito vasorrelaxador da heparina é independente de seu efeito anticoagulante. Para isso, utilizaremos heparinas (quimicamente modificadas) e o pentassacarídeo sintético da heparina em anéis de aorta torácica extraídos de ratos machos com aproximando de 300 gramas. O efeito relaxante é então detectado num sistema de aquisição de dados, através de um transdutor de pressão, o qual avalia a contração e relaxamento do anel de aorta que se encontra em solução y fisiológica e temperatura controlada mimetizando o estado fisiológico.
Descrição
Citação
PALOMINO, Carlos Modesto Vera. Requisitos estruturais da heparina necessários para indução de vasorrelaxamento. 2016. 47 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2016.