Resposta excessiva da ventilação ao exercício e sua associação com fenótipos da Hipertensão Pulmonar Tromboembólica Crônica por meio da análise de cluster

Carregando...
Imagem de Miniatura
Data
2023-10-27
Autores
Cordeiro, Andrei Augusto Assis de Campos [UNIFESP]
Orientadores
Arakaki, Jaquelina Sonoe Ota Arakaki [UNIFESP]
Tipo
Tese de doutorado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Introdução: A HPTEC é uma doença complexa, caracterizada por dupla lesão vascular: trombos crônicos organizados e arteriopatia, com repercussão funcional, tomográfica e hemodinâmica de espectros variáveis, algumas vezes discordantes. Por outro lado, são notórias as alterações ventilatórias e de trocas gasosas na HPTEC, porém a associação com as alterações tomográficas e hemodinâmicas ainda é pouco estudada. Objetivos: Identificar fenótipos entre pacientes com HPTEC, considerando achados na angiografia pulmonar por tomografia de tórax, funcionais e hemodinâmicos por meio da análise de cluster; avaliar a associação dos fenótipos com alterações ventilatórias e de trocas gasosas ao teste de exercício incremental. Métodos: estudo transversal que avaliou características demográficas, funcionais pelo TECR e TC6M, hemodinâmicas e tomográficas dos pacientes atendidos no ambulatório de Circulação Pulmonar do Hospital São Paulo, Hospital Universitário da Escola Paulista de Medicina, Unifesp. Resultados: Foram avaliados 66 pacientes que realizaram exames de TECR, ECO, cateterismo cardíaco e AngioTC de tórax num período máximo de 6 meses entre os exames. A análise de cluster através das variáveis PAD, PAPm, VSi, SvO2, RVP, IC, Escore de Qanadli em porcentagem e a quantificação da atenuação em mosaico, permitiu a determinação de 3 clusters distintos. Os grupos se diferenciam em relação às variáveis funcionais, hemodinâmicas e tomográficas. O cluster 1 é o mais grave, o cluster 2, intermediário e o cluster 3 mais leve. O padrão da atenuação em mosaico foi capaz de diferenciar os grupos, sendo o cluster 1 aquele com maior atenuação e o cluster 3, aquele com menos. A resposta excessiva da ventilação ao exercício foi associada aos clusters. Conclusão: A HPTEC pode ser diferenciada em clusters considerando dados hemodinâmicos e de imagem, sendo os diferentes fenótipos associados à resposta excessiva da ventilação ao exercício.
Introduction: CTEPH is a complex disease, characterized by two vascular lesions, organized chronic thrombi and arteriopathy, with functional, tomographic and hemodynamic repercussions of variable, sometimes discordant, spectra. On the other hand, ventilatory and gas exchange features are notorious in CTEPH, but the association with tomographic and hemodynamic changes is still poorly studied. Objectives: To identify phenotypes among patients with CTEPH, considering findings in pulmonary angiography by computed tomography, functional and hemodynamic through cluster analysis; to evaluate the association of phenotypes with ventilatory and gas exchange alterations in the incremental exercise test. Results: 66 patients that performed CPET, ECO, right heart catheterization and pulmonary AngioCT in a maximum period of 6 months between the exams, were evaluated. The cluster analysis through the variables RAP, mPAP, SvO2, PVR, CI, Qanadli index in percentage and mosaic pattern quantification allowed the determination of 3 different clusters. The groups distinguish in functional, haemodynamics and tomographic features. Cluster 1 is the most severe, cluster 2 intermediate and cluster 3 is the mildest. The mosaic pattern was able to differentiate the groups, being the cluster 1 the one with more mosaic attenuation and the cluster 3 the one with less. Excessive ventilation response to exercise was associated with clusters. Conclusion: CTEPH can be differentiated into clusters considering hemodynamic and imaging data, with different phenotypes associated with excessive ventilatory response to exercise.
Descrição
Citação
CORDEIRO, Andrei Augusto Assis de Campos. Resposta excessiva da ventilação ao exercício e sua associação com fenótipos da Hipertensão Pulmonar Tromboembólica Crônica por meio da análise de cluster. 2023. 128 f. Tese (Doutorado em Pneumologia) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). São Paulo, 2023.