Olhares sobre o processo de implementação da política nacional de saúde bucal nos municípios do departamento regional de saúde de Araraquara (drs iii).

dc.contributor.advisorSilva, Geovani Gurgel Aciole da [UNIFESP]
dc.contributor.authorAquilante, Aline Guerra [UNIFESP]
dc.contributor.institutionUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.date.accessioned2015-12-06T23:46:24Z
dc.date.available2015-12-06T23:46:24Z
dc.date.issued2013
dc.description.abstractIntrodução: Em 2004 foi lancada a Politica Nacional de Saúde Bucal (PNSB), cujos pressupostos visam: qualificar a Atencao Basica, assegurar a integralidade das acoes, atuar com base na vigilancia em Saúde, planejar as acoes de acordo com a epidemiologia e as informacoes do territorio, financiar e definir agenda de pesquisa para que se trabalhe com base em evidencias cientificas. Objetivo: Investigar o processo de implementacao da PNSB nos municipios do Departamento Regional de Saúde de Araraquara (DRS III), a partir do olhar de gestores e profissionais de Saúde bucal. Metodo: Estudo de caso do processo de implementacao da PNSB nos municipios do DRS III. Para a coleta de informacoes foram realizadas aplicacao de questionario estruturado aos coordenadores municipais de Saúde bucal, entrevistas com gestores e profissionais de Saúde bucal, observacao dos servicos e sistematizacao de estatisticas oficiais do Ministerio da Saúde, no sentido de avaliar as dimensoes da PNSB: I) Ampliacao e qualificacao das acoes; II) Condicoes de trabalho; III) Cuidado; IV) Acesso; V) Planejamento e Gestao. As respostas dos questionarios foram pontuadas e os resultados categorizados em classificacao final oinsatisfatoriao (<25%), oruimo (25%<x>50%), oboao (50%<x>75%) ou osatisfatoriao (>75%) com relacao ao processo de implementacao da PNSB. Para a analise qualitativa das entrevistas utilizou-se o metodo de interpretacao dos sentidos. A articulacao das analises quantitiva e qualitativa foi realizada na perspectiva da triangulacao de metodos. Resultados: Dos 19 municipios que responderam o questionario, a maioria (52,6%) obteve classificacao oboao, 42,1% estao em uma situacao oruimo, apenas um municipio apresentou condicao oinsatisfatoriao e nenhum alcancou classificacao final osatisfatoriao de implementacao da PNSB. Embora o acesso, o cuidado e as acoes de Saúde bucal tenham sido ampliados e venham sendo qualificados, principalmente na Estrategia de Saúde da Familia, a remuneracao dos profissionais de Saúde bucal e baixa, nao ha Plano de cargos, Carreiras e Salarios e as atividades de planejamento e Gestão continuam sendo espacos burocraticos e pouco participativos. Conclusao: Cerca de 10 anos apos o lancamento da PNSB, embora tenham sido identificados avancos no cuidado em Saúde bucal e no acesso aos servicos dos diferentes niveis de atencao, os municipios ainda encontram dificuldades para implementar seus pressupostos.pt
dc.description.sourceBV UNIFESP: Teses e dissertações
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
dc.format.extent123 p.
dc.identifier.citationSão Paulo: [s.n.], 2013. 123 p.
dc.identifier.fileepm-4021810452798.pdf
dc.identifier.urihttp://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22956
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rightsAcesso restrito
dc.subjectSaúde Bucalpt
dc.subjectPolítica de Saúdept
dc.subjectPesquisa sobre Serviços de Saúdept
dc.subjectAvaliação de Programas e Projetos de Saúdept
dc.titleOlhares sobre o processo de implementação da política nacional de saúde bucal nos municípios do departamento regional de saúde de Araraquara (drs iii).pt
dc.title.alternativePerspectives on the process of implementation of the National Policy on Oral Health in the cities of the Regional Health Department of Araraquara (DRS III)en
dc.typeTese de doutorado
unifesp.campusSão Paulo, Escola Paulista de Medicina (EPM)pt
unifesp.graduateProgramPediatria e ciências aplicadas à pediatria – São Paulo
Arquivos
Coleções