Tratamento cirúrgico das fraturas transtrocanterianas instáveis, em pacientes idosos, com a técnica de artroplastia de substituição do quadril

Nenhuma Miniatura disponível
Data
1998
Autores
Garrido, Carlos Antonio [UNIFESP]
Orientadores
Laredo Filho, José [UNIFESP]
Tipo
Dissertação de mestrado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
O autor apresenta 35 fraturas transtrocanterianas instáveis ocorridas em 35 pacientes, com mais de 60 anos, com trauma de baixa energia, tratados por artroplastia de substituiçao e avaliados em 6 meses. Foram realizadas 23 artroplastias totais e doze artroplastias bipolares. Ocorreram três óbitos e um caso de infecçao, que foram relacionados mais com a patologia do que com o tipo de tratamento. Nao ocorreu nenhum caso de falha mecânica, e o único caso de luxaçao de prótese foi corrigido trocando-se a cabeça protética de 22 mm por uma de 28 mm. Obtevemos 77,9 por cento de bons e ótimos resultados e conclue que no tratamento de fraturas transtrocanterianas instáveis em pacientes idosos, em geral com doenças sistêmicas concomitantes, a artroplastia de substituiçao é uma alternativa a ser considerada.
Descrição
Citação
São Paulo: [s.n.], 1998. 58 p. tabgraf.