Lúpus eritematoso sistêmico: modulação da frequência de células T reguladoras em função da atividade da doença e efeito de pulsoterapia com ciclofosfamida e metilprednisolona

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2011
Autores
Cruvinel, Wilson de Melo [UNIFESP]
Orientadores
Andrade, Luiz Eduardo Coelho [UNIFESP]
Tipo
Tese de doutorado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
As celulas T reguladoras (TREGs) estao diretamente envolvidas na manutencao da tolerancia periferica contra auto-antigenos e possivelmente relacionadas a patogenese de doencas autoimunes. Essas celulas tem sido estudadas amplamente nos ultimos anos e sao caracterizadas como celulas da linhagem T, com expressao constitutiva de altos niveis da molecula CD25, baixa expressao da molecula CD127 e positividade para o transcrito primario FoxP3. Sucessivos estudos sobre a caracterizacao dessas celulas no LES resultaram em dados contraditorios que indicaram alteracoes em suas proporcoes, sugerindo possivel envolvimento com os mecanismos fisiopatologicos da doenca. O presente estudo teve por objetivo avaliar a proporcao de TREGs no sangue periferico de pacientes com Lupus Eritematoso Sistemico com doenca ativa e doenca quiescente, bem como avaliar este fenotipo celular conforme tratamento imunossupressor e manifestacoes clinicas da enfermidade. Pode ser constatado que a frequencia de TREGs encontrasse normal no LES ativo e fora de atividade, com valores comparaveis aos observados nas amostras de controles normais, para os fenotipos CD3+CD4+CD25+CD127ØFoxP3+,CD3+CD4+CD25HighCD127ØFoxP3+ e CD3+CD4+CD25HighFoxP3+, nao sendo a suposta frequencia diminuida, portanto, um mecanismo imunopatogenico da enfermidade. Foi observado nos pacientes com LES em atividade, um aumento significativo na frequencia das celulas CD3+CD4+CD25ØCD127ØFoxP3+. Pacientes com manifestacao renal, apresentaram menor frequencia de celulas CD3+CD4+CD25+CD127ØFoxP3+, comparados aos lupicos com outras formas clinicas da enfermidade, demonstrando uma diferenca nas proporcoes celulares conforme a forma clinica. Foi evidenciado um efeito positivo da pusoterapia com corticoides e ciclofosfamida no aumento da frequencia das celulas CD3+CD4+CD25HighCD127ØFoxP3+ e CD3+CD4+CD25HighFoxP3+. Por fim, avaliou-se a correlacao das proporcoes de TREGs com a idade de individuos higidos em uma faixa etaria compreendida entre 22 e 90 anos. Evidenciou-se que nao houve aumento dos fenotipos reguladores com o avanco da idade.
Descrição
Citação
São Paulo: [s.n.], 2011. 120 p.