Efeito da superexpressão da m1 alanil-aminopeptidase em plasmodium falciparum e efeito do cálcio na atividade proteolítica de aminopeptidases

dc.audience.educationlevelMestrado
dc.contributor.advisorGazarini, Marcos Leoni [UNIFESP]
dc.contributor.authorHoff, Carolina Caldas [UNIFESP]
dc.contributor.institutionUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.date.accessioned2020-03-25T12:10:58Z
dc.date.available2020-03-25T12:10:58Z
dc.date.issued2018-03-21
dc.description.abstractMalaria Was The Cause Of Nearly 500,000 Deaths Worldwide In 2016. The Etiologic Agent Plasmodium Falciparum Causes The Most Severe Form Of The Disease In Humans. The Creation Of Potent Antimalarial Drugs Is Hampered By The Fact That The Parasite Can Become Resistant To Drugs. In This Work, We Studied Alanyl-Aminopeptidase-1 Of Plasmodium Falciparum (Pfa-M1), Which Is Involved In The Final Stage Of Hemoglobin Degradation, An Essential Process For Parasite Growth. To Present Additional Information On The Function Of The Enzyme And Its Potential As A New Antimalarial Target, We Used A New Strain Of P. Falciparum Overexpressing Pfa-M1 (Suppfa-M1) To Study The Implications In Cell Morphology, Parasite And Proteolytic Activity. Our Results Demonstrate That The Parasite Is Resistant To The Aminopeptidase Inhibitor (Bestatin) With Higher Expression Of The Protein. We Observed A Decrease In The Area ("M2) Of The Suppfa-M1 Parasite And The Number Of Merozoites Per Schizont When Compared To The Control Strains, Indicatien
dc.description.abstractA Malária Foi O Motivo De Quase 500 Mil Óbitos No Mundo Somente No Ano De 2016. O Agente Etiológico Plasmodium Falciparum Causa A Forma Mais Grave Da Doença Em Humanos. O Desenvolvimento De Novos Antimaláricos É Dificultado Pelo Fato Do Parasita Ter Capacidade De Se Tornar Resistente Às Drogas. Neste Trabalho, Estudamos A Alanil-Aminopeptidase-1 De Plasmodium Falciparum (Pfam1), Que Está Envolvida Na Etapa Final De Degradação De Hemoglobina, Processo Essencial Para O Crescimento Do Parasita. A Fim De Apresentar Novas Informações Quanto A Função Da Enzima E Seu Potencial Como Novo Alvo Antimalárico, Utilizamos Uma Nova Linhagem De P. Falciparum Superexpressando A Pfa-M1 (Suppfa-M1) De Forma Estável Para Estudar As Implicações Na Morfologia Celular, Desenvolvimento Do Parasita E Atividade Proteolítica. Nossos Resultados Demonstram Que O Parasita Apresenta Resistência Ao Inibidor Específico De Aminopeptidases (Bestatina), Quando Ocorre O Aumento Da Expressão Da Proteína. Observamos Uma Diminuição Na Área ("M2) Dpt
dc.description.sourceDados abertos - Sucupira - Teses e dissertações (2018)
dc.identifierhttps://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=6805045pt
dc.identifier.citationHOFF, Carolina Caldas. Efeito da superexpressão da m1 alanil-aminopeptidase em plasmodium falciparum e efeito do cálcio na atividade proteolítica de aminopeptidases. 2018. Dissertação (Mestrado Interdisciplinar em Ciências da Saúde) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2018.pt
dc.identifier.file2018-1051.pdf
dc.identifier.urihttps://repositorio.unifesp.br/handle/11600/53106
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rightsAcesso restrito
dc.subjectHydrolasesen
dc.subjectPlasmodium Falciparumen
dc.subjectCalciumen
dc.subjectMalariaen
dc.subjectHidrolasespt
dc.subjectPlasmodium Falciparumpt
dc.subjectCálciopt
dc.subjectMaláriapt
dc.titleEfeito da superexpressão da m1 alanil-aminopeptidase em plasmodium falciparum e efeito do cálcio na atividade proteolítica de aminopeptidasespt
dc.typeDissertação de mestrado
unifesp.campusBaixada Santista, Instituto de Saúde e Sociedadept
unifesp.graduateProgramInterdisciplinar em Ciências da Saúdept
unifesp.knowledgeAreaMultidisciplinarpt
unifesp.researchAreaEstratégias Interdisciplinares Na Pesquisa Experimental De Doenças Crônicaspt
Arquivos