Love CT: skate como prática pedagógica e de liberdade em Cidade Tiradentes

Carregando...
Imagem de Miniatura
Data
2024-04-08
Autores
Romão, Vithoria Sampaio [UNIFESP]
Orientadores
Milano, Giovanna Bonilha [UNIFESP]
Tipo
Trabalho de conclusão de curso de graduação
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
O presente trabalho é um exercício interdisciplinar entre os campos teóricos da educação e da geografia que buscou compreender processos de luta pelo espaço urbano a partir de mecanismos de apropriação, ocupação e sociabilidade da juventude, considerando as crianças enquanto seres humanos integrais. O estudo se assentou no levantamento de documentos produzidos e relativos ao Coletivo Cultural Love CT que executa o projeto social Love CT Skateboard: Inclusão e Resgate situado no distrito de Cidade Tiradentes no extremo Leste da cidade de São Paulo. Como ferramenta complementar metodológica, foram realizados acompanhamentos das atividades do projeto social e diálogos com os integrantes do Coletivo Cultural. Tomou-se como eixos teóricos metodológicos estruturantes da pesquisa a educação como prática de liberdade, a formação de territórios periféricos da cidade de São Paulo e a prática de skate. Assim, assume-se como hipótese que projeto social Love CT Skateboard: Inclusão e Resgate, ao promover o ensino das culturas urbanas a partir do skate e do amor como ponto central de uma prática pedagógica, tem contribuições importantes para a educação espacial e que, no limite, o Coletivo Cultural Love CT representa a formação de uma comunidade de aprendizagem cujo repertório social é político, cidadão e libertador, mas nem por isso menos desafiador ou conflituoso.
This work is an interdisciplinary exercise between the theoretical fields of education and geography that sought to understand processes of struggle for urban space based on mechanisms of appropriation, occupation and sociability of youth, considering children as integral human beings. The study was based on a survey of documents produced by the Love CT Cultural Collective, which runs the social project Love CT Skateboard: Inclusion and Rescue, located in the district of Cidade Tiradentes in the far east of the city of São Paulo. As a complementary methodological tool, we monitored the activities of the social project and dialogued with the members of the Cultural Collective. The theoretical methodological axes structuring the research were education as a practice of freedom, the formation of peripheral territories in the city of São Paulo and the practice of skateboarding. The hypothesis is that the social project Love CT Skateboard: Inclusion and Rescue, by promoting the teaching of urban cultures based on skateboarding and love as the central point of a pedagogical practice, has made important contributions to special education and that, at the end of the day, the Love CT Cultural Collective represents the formation of a learning community whose social repertoire is political, citizen and liberating, but no less challenging or conflictual.
Descrição
Citação
ROMÃO, Vithoria Sampaio. Love CT: skate como prática pedagógica e de liberdade em Cidade Tiradentes. 2024. 51 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Geografia) – Instituto das Cidades Campus Zona Leste, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo
Coleções