Sinalização do hormônio tireoideano no cérebro de camundongos após status epilepticus induzido por Pilocarpina

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2016-11-30
Autores
Nascimento, Bruna Pascarelli Pedrico do [UNIFESP]
Orientadores
Ribeiro, Miriam Oliveira [UNIFESP]
Tipo
Dissertação de mestrado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Thyroid hormones play an important role in the development and maintenance of Central Nervous System through the control of gene expression. Although serum concentration of TH is remarkably stable, deiodinases regulate their signaling in a precise spatio- and temporal-manner by controlling the activation and inactivation of TH. Deiodinases expression and activity can change in critically ill patients, changing T3 signaling in tissues. Status epilepticus is a well-known central nervous system insult that leads to the development of Temporal Lobe Epilepsy, and can be defined as a state of continuous seizure activity or two or more sequential seizures without full recovery of consciousness between seizures. Seeing that various abnormalities frequently occur during seizures, we assume that this condition may lead to changes in deiodinases expression and activity in some brain regions, leading to local changes in T3 levels and, consequently, to changes in brain metabolism. Thus, we have studied whether seizures cause changes in deiodinases expression and in T3 signaling in mouse brain following status epilepticus, as well as the role of D2 in these changes. To that, C57Bl/J6, CRE GFAP and AstroD2KO mice were subjected to pilocarpine/lithium-pilocarpine model of epilepsy and Dio2 and Dio3, as well as the T3-regulated genes mRNA levels in the brain were analyzed by real-time PCR. We also analyzed the enzymatic activity of D2 and D3 and HIF-1α and D3 expression in hippocampus. TSH, T3 and T4 serum levels were also measured. Notably, status epilepticus causes a decrease in thyroid hormones serum levels, an increase in expression and activity of D2 and a decrease in Dio3 expression in mouse brain. These changes resulted in moderate variation in the expression of T3-regulated genes, suggesting that seizures change T3 signaling in mouse brain.
Os hormônios tireoideanos desempenham importante papel no desenvolvimento e manutenção do Sistema Nervoso Central pelo controle da expressão gênica. Embora os níveis plasmáticos de hormônios tireoideanos sejam bastante estáveis, as iodotironinas desiodases (D1, D2 e D3) regulam sua sinalização segundo as necessidades específicas dos tecidos pelo controle da ativação do T4 a T3 e da inativação do T4 a T3r e do T3 a T2. A atividade das desiodases pode se alterar em situações patológicas, modificando a sinalização do T3 nos tecidos. O status epilepticus é um insulto bem conhecido do Sistema Nervoso Central que pode levar ao desenvolvimento da epilepsia do lobo temporal. Considerando que diversas anormalidades são frequentemente observadas durante as crises epilépticas, nós supomos que tal condição provoque alterações na expressão e atividade das desiodases no cérebro, levando a alterações locais nos níveis de T3 e, consequentemente, a alterações no metabolismo do tecido cerebral. Sendo assim, o presente estudo teve como objetivo avaliar as alterações na sinalização do hormônio tireoideano no cérebro de camundongos após status epilepticus induzido por Pilocarpina, assim como o papel desempenhado pela D2 nessas alterações. Para tanto, camundongos C57Bl/6, CRE GFAP e AstroD2KO foram submetidos ao modelo de indução à Epilepsia do Lobo Temporal induzida por Pilocarpina/Lítio-Pilocarpina. A expressão proteica de HIF-1α e de D3, e do RNAm para D3 e D2, assim como a sua atividade enzimática foram analisadas. A expressão de genes regulados pelo hormônio tireoideano no cérebro foi medida por RT-qPCR, e os níveis plasmáticos de TSH, T3 e T4 também foram analisados. Notavelmente, o status epilepticus provoca diminuição nos níveis séricos de hormônios tireoideanos, aumento na expressão e atividade da D2 e diminuição na expressão gênica da D3 no cérebro dos animais estudados. Essas alterações resultaram em variações moderadas na expressão de genes regulados pelo hormônio tireoideano, sugerindo que as crises convulsivas alteram a sinalização deste hormônio no cérebro dos camundongos.
Descrição
Citação
NASCIMENTO, Bruna Pascarelli Pedrico do. Sinalização do hormônio tireoideano no cérebro de camundongos após status epilepticus induzido por pilocarpina. 2016. 94 f. Dissertação (Mestrado em Medicina Translacional) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2016.