O polimorfismo –251 A/T na região promotora do gene da interleucina 8 e o risco de câncer gástrico: estudo caso-controle

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2010-04-28
Autores
Felipe, Aledson Vitor [UNIFESP]
Orientadores
Forones, Nora Manoukian [UNIFESP]
Tipo
Dissertação de mestrado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Background: Helicobacter pylori infection is associated with gastric cancer (GC) non-cardia, however, only a small proportion of infected people develop this cancer. Studies on specific strains of bacteria showed that the genetic and environmental factors are associated with this carcinogenesis. Interleukin-8 (IL-8) plays an important role in inflammation of the stomach mucosa after infection with H. pylori. Studies have shown that the polymorphism of IL-8 may increase the risk of GC. Objective: To investigate the association between polymorphism of IL-8, infection with H. pylori, lifestyle and risk of GC. Patients and methods: Case-control study done in patients with non-cardia GC compared with healthy subjects in the ratio 1:2, respectively. DNA was extracted from white blood cells, purified and polymorphism analysis was performed by PCR-RFLP and visualized by agarose gel electrophoresis to 5%. Infection with H. pylori was investigated by serum antibodies to H. pylori. Environmental issues such as smoking, alcohol consumption and diet were investigated by questionnaire. Results: A total of 312 individuals was studied, and 208 controls and 104 cancer patients. No significant differences between sex or age between the control group and patients with CG. The proportion of patients infected by H. pylori was similar (p=0.15) between the control group (53.8%) and case (45.2%). Lower frequency of AA genotype was found in the cancer group (p=0.01), however, no difference between alleles A and T. Cigarette smoking (p=0.001), sharp intake of fat (p=0.003) and low intake of vegetables (p=0.02) were more frequent in case group. A multivariate logistic regression analysis demonstrated a higher risk of GC in subjects with the heterozygous genotype AT (OR: 2.28 95% IC 1,16-4,49, p=0.02) and excessive consumption of fat (OR: 1 77 95% CI 1,12-2,92, p = 0.03). Smokers and former smokers also showed increased risk of GC compared to the control group (OR: 1.89 95% CI 1,41-3,11, p=0.01). Conclusions: The presence of the AT genotype is associated with increased risk of GC in about two times. The percentage of patients with GC infected with H. pylori, diagnosed by serum antibody levels was not different from the control group in the population. No correlations between allele frequency and risk of GC. Individuals who consume too much fat, ex-smokers and smokers have a higher risk of GC.
Introdução: A infecção por Helicobacter pylori está associada ao câncer gástrico (CG) não localizado na região da cárdia, no entanto, apenas uma pequena proporção das pessoas infectadas desenvolvem esta neoplasia. Estudos sobre cepas específicas dessa bactéria demonstram que os fatores genéticos e ambientais estão associados a esta carcinogênese. A Interleucina-8 (IL-8) desempenha um papel importante na inflamação da mucosa do estômago após a infecção por H. pylori. Estudos têm demonstrado que o polimorfismo da IL-8 pode aumentar o risco de CG. Objetivo: Investigar a associação entre o polimorfismo da IL-8, infecção por H. pylori, hábitos de vida e risco de CG. Casuística e métodos: Estudo caso-controle feito em pacientes com CG não-cárdia em comparação com indivíduos saudáveis na proporção de 1:2, respectivamente. O DNA foi extraído de leucócitos, purificado e a análise do polimorfismo foi feita pela técnica de PCR-RFLP e visualizado por eletroforese em gel de agarose a 5%. Infecção por H. pylori foi investigada pelos níveis séricos de anticorpos anti-H.pylori. Aspectos ambientais como tabagismo, etilismo e dieta foram investigados por questionário. Resultados: Um total de 312 indivíduos foi estudado, sendo 208 controles e 104 pacientes com câncer. Não houve diferença significante entre sexo ou idade, entre o grupo controle e os pacientes com CG. A proporção de pacientes infectados pelo H. pylori foi semelhante (p=0,15) entre os grupos controle (53,8%) e caso (45,2%). Menor frequência do genótipo AA foi encontrada no grupo com câncer (p = 0,01), sem diferença entre os alelos A e T. O tabagismo (p=0,001), acentuada ingestão de gordura (p=0,003) e baixa ingestão de legumes (p=0,02), foram mais frequentes no grupo caso. A análise de regressão logística multivariada demonstrou maior risco de CG em indivíduos com o genótipo heterozigoto AT (OR: 2,28 95%IC 1,16-4,49; p=0,02) e consumo excessivo de gordura (OR: 1,77 95%IC 1,12-2,92; p=0,03). Fumantes e ex-fumantes também demonstraram maior risco de CG quando comparados ao grupo controle (OR: 1,89 95%IC 1,41-3,11; p=0,01). Conclusões: A presença do genótipo AT está associada à elevação do risco de CG em aproximadamente duas vezes. O percentual de pacientes com CG infectados pelo H. pylori, diagnosticado pelos níveis de anticorpos séricos, não foi diferente do grupo controle na população estudada. Não observamos correlação entre a frequência alélica e o risco de CG. Indivíduos que consomem gorduras em excesso, ex-fumantes e fumantes têm maior risco de CG.
Descrição
Citação
FELIPE, Aledson Vitor. O polimorfismo –251 A/T na região promotora do gene da interleucina 8 e o risco de câncer gástrico: estudo caso-controle. 2010. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2010.