Show simple item record

dc.contributor.advisorPerez, Ana Beatriz Alvarez [UNIFESP]
dc.contributor.authorNicola, Pablo Domingos Rodrigues de [UNIFESP]
dc.date.accessioned2015-07-22T20:50:10Z
dc.date.available2015-07-22T20:50:10Z
dc.date.issued2009-08-26
dc.identifier.citationNICOLA, Pablo Domingos Rodrigues De. Estudo epidemiológico dos defeitos congênitos registrados no campo 34 da declaração de nascido vivo no município de São Paulo e o estabelecimento de um sistema informatizado de referência e contra-referência. 2009. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2009.
dc.identifier.urihttp://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9584
dc.description.abstractPurpose: The aim of this work was to improve registration of field 34 in born-alive reports of four maternity hospitals in the municipality of São Paulo throughout the year of 2008. Methods: The Born-Alive Information System database of the Municipal Health Secretariat of São Paulo was used in order to accompany the evolution of birth defect registrations. An electronic web-based medical record was used to send dubious cases to a well-established medical genetics center. The electronic medical record contained anamnesis, physical exam, and photos of the newborn. Four maternity hospitals were assessed, with a total sample of 10 000 births in the year; and these hospitals did not have a geneticist amongst the staff. Results: The records of birth defects in São Paulo were: 0.42% in 2001, 0.50% in 2002, 0.53% in 2003, 0.63% in 2004, 0.69% in 2005, 0.73% in 2006, 0.85% in 2007, and 0.91% in 2008. The records of birth defects in the four maternities were: 0.22% in 2001, 0.76% in 2002, 0.92% in 2003, 0.92% in 2004, 1.12% in 2005, 1.27% in 2006, 1.34% in 2007, and 2.02% in 2008. São Paulo registered 0.07 Down syndrome cases per 1000 births in 2008, while the four maternity hospitals registered 0.08 Down syndrome cases per 1000 births in the same year. Conclusions: According to the Born-Alive Information System database, there was a raise in the number of notifications regarding birth defects in the four maternity hospitals when compared to previous years and to the records of São Paulo as a whole. The web-based referral and counter-referral method was efficient. The improvement in quantity as well as in quality of field 34 demonstrates the important presence of a geneticist doctor, even if only through long-distance aid to the pediatrician in the maternity hospital. The referral and counter-referral system promotes agility, providing a better service for patients and their family members at the Public Health System.en
dc.description.abstractObjetivo: Melhorar o registro do campo 34 da declaração de nascido vivo em quatro maternidades do município de São Paulo ao longo do ano de 2008. Métodos: Utilizar o banco de dados do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos da Secretária Municipal de Saúde de São Paulo para acompanhar a evolução dos registros dos defeitos congênitos. Utilizar um prontuário eletrônico, via Internet, para o envio dos casos suspeitos para um centro de referência em genética médica. O prontuário eletrônico contém anamnese, exame físico e fotos do recém-nascido. Utilizar quatro maternidades com uma amostra total de 10.000 nascimentos no ano. Essas maternidades não apresentam em seu corpo clínico um médico geneticista. Resultados: O registro de defeitos congênitos no município de São Paulo: em 2001 - 0,42%, em 2002 - 0,50%, em 2003 - 0,53%, em 2004 - 0,63%, em 2005 - 0,69%, em 2006 - 0,73%, em 2007 - 0,85%, e em 2008 - 0,91%. O registro de defeitos congênitos nas quatro maternidades: em 2001 - 0,22%, em 2002 - 0,76%, em 2003 - 0,92%, em 2004 - 0,92%, em 2005 - 1,12%, em 2006 - 1,27%, em 2007 - 1,34%, e em 2008 - 2,02%. O número de registro de casos com síndrome de Down no município de São Paulo em 2008 foi de 0,07 por mil nascimentos. O número de registro de casos com síndrome de Down nas quatro maternidades em 2008 foi de 0,08 por mil nascimentos. Conclusões: Segundo o Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos, no ano de 2008, houve aumento da notificação dos defeitos congênitos nas quatro maternidades onde o estudo foi realizado quando comparado com os anos anteriores e com o registro do município de São Paulo como um todo. O método de referência e contra-referência utilizando a Internet se mostrou eficaz. A melhora tanto em quantidade como em qualidade do campo 34 mostra a importância de se ter a presença de um médico geneticista mesmo que auxiliando à distancia o médico pediatra na maternidade. O sistema de referência e contra-referência ganha agilidade, proporcionando ao paciente e seus familiares um melhor atendimento no Sistema Único de Saúde.pt
dc.format.extent92 p.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rightsAcesso restrito
dc.subjectDeclaração de nascido vivopt
dc.subjectDefeitos congênitospt
dc.subjectInternetpt
dc.subjectSão Paulopt
dc.subjectGenética médicapt
dc.titleEstudo epidemiológico dos defeitos congênitos registrados no campo 34 da declaração de nascido vivo no município de São Paulo e o estabelecimento de um sistema informatizado de referência e contra-referênciapt
dc.title.alternativeEpidemiologic study of birth defects registered in field 34 of newborn reports from the municipality of sao paulo and the establishment of a computerized referral and counter-referral systemen
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.identifier.fileRetido-326.pdf
dc.description.sourceTEDE
dc.description.sourceBV UNIFESP: Teses e dissertações
unifesp.campusSão Paulo, Escola Paulista de Medicina (EPM)pt
unifesp.graduateProgramMorfologia e Genética - EPM


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record