Efeito do exercício físico (natação) sobre a glicemia e triglicéridos de ratas prenhas diabéticas e repercussão sobre os fetos

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2009-04-29
Autores
Lopes, Gabriela Andrade Piemonte [UNIFESP]
Orientadores
Piçarro, Ivan da Cruz [UNIFESP]
Tipo
Dissertação de mestrado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
This research aims to study the materno-fetal repercussion of the swimming on the glucose, triglycerides levels, weight gain and maternal food intake, and also the number and weight of offspring at birth. We used 24 Wistar adult female rats, with 235 g of initial weight, distributed into 4 groups: sedentary pregnant control (CGS) (n=6), trained pregnant control (CGT) (n=6), sedentary pregnant experimental (EGS ) (n=6) and trained pregnant experimental (EGT) (n=6). It was used streptozotocin-induceddiabetes in the experimental group, and the rats were paired for copulation, and the confirmation by the presence of sperm in the smear. The control of glucose and triglycerides levels were made in the four groups, starting from day zero of gestation (collection 1), followed by the 7th (collection 2), 14th (collection 3) and 19th days (collecting 4). The physical training (swimming) was performed five times a week (60 minutes), for three consecutive weeks until the day of spontaneous delivery. The maternal weight and food intake were daily controled, and after birth, the offsprings were counted and weighed. Therefore, physical exercise (swimming) of moderate intensity was able to significantly reduce the glycemic values, especially in pregnant diabetic rats, also, benefits in the profile of triglycerides, and not to promote change on the fetus.
A presente pesquisa visa estudar as repercussões materno-fetais da natação, na glicemia, triglicérides, ganho de peso e ingesta alimentar materna, além do número e peso dos filhotes ao nascimento. Foram utilizadas 24 ratas fêmeas Wistar adultas, com peso inicial de 235 gramas, sendo distribuídas em 4 grupos: controle grávida sedentária (CGS) (n=6), controle grávida treinada (CGT) (n=6), experimental grávida sedentária (EGS) (n=6), e experimental grávida treinada (EGT) (n=6). Foi utilizada a streptozotocina para a obtenção do diabetes no grupo experimental, e colocado as ratas para cópula, sendo a confirmação feita pela presença de espermatozóide no esfregaço. O controle da glicemia e triglicérides foram feitos nos quatro grupos, iniciando no dia zero de gestação (coleta 1), seguido do 7º (coleta 2), 14º (coleta 3) e 19º dia (coleta 4). O treinamento físico (natação) foi realizado cinco vezes por semana, por um período de 60 minutos, durante três semanas consecutivas até o dia do parto espontâneo. Foi realizado o controle do peso e ingestão alimentar materna diariamente, e após o nascimento, os filhotes foram contados e pesados. Observamos que, o exercício físico (natação) de moderada intensidade foi capaz de diminuir significantemente os valores glicêmicos, principalmente nas ratas prenhas diabéticas, apresentando também, benefícios no perfil dos triglicérides, além de não promover alterações sobre o feto.
Descrição
Citação
LOPES, Gabriela Andrade Piemonte. Efeito do exercício físico (natação) sobre a glicemia e triglicéridos de ratas prenhas diabéticas e repercussão sobre os fetos. 2009. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2009.