Show simple item record

dc.contributor.advisorNouailhetas, Viviane Louise Andree [UNIFESP]
dc.contributor.authorRosa, Maria José Alvarez [UNIFESP]
dc.date.accessioned2015-07-22T20:49:54Z
dc.date.available2015-07-22T20:49:54Z
dc.date.issued2008-01-30
dc.identifier.citationROSA, Maria José Alvarez. Efeito da natação sobre o músculo reto do abdome do rato: estudo morfológico e histoquímico. 2008. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2008.
dc.identifier.urihttp://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9354
dc.description.abstractTese em forma de artigo. Objetivo: Investigamos o efeito de dois protocolos de natação nas características morfológicas, contráteis e metabólicas dos diferentes tipos de fibras do músculo reto do abdome de rato. Métodos: Os ratos foram divididos em 3 grupos (N = 5 cada): a) grupo treinado 1h por dia (1h/dia), 2x por semana (2x/sem); b) grupo treinado 1h/dia, 5x por semana (5x/sem), ambos durante 9 semanas consecutivas; c) grupo controle: sedentário. Foram avaliados os pesos corporais, os diâmetros das fibras, pelo método de coloração HE, e a distribuição dos tipos de fibras pelas as propriedades metabólicas identificadas pela reação de NADH redutase e reação de ATP-ase miofibrilar. Resultados: O peso corporal aumentou no grupo treinado 2x/sem e diminuiu no grupo treinado 5x/sem em relação ao grupo controle. O diâmetro das fibras aumentou de 45,4 μm no grupo controle para 56,6 μm e 54,4 μm no grupo treinado 2x/sem e 5x/sem, respectivamente. Também foram observadas pequenas fibras angulosas atróficas. O exercício aeróbio remodelou a distribuição das fibras, aumentando a freqüência de fibras oxidativas lentas (SO) e oxidativas-glicolíticas rápidas (FOG) e diminuindo a freqüência de fibras glicolíticas (FG). Em resumo, a freqüência das fibras SO aumentou, enquanto a freqüência das FOG + FG diminuíram nos ratos treinados em comparação aos sedentários. Conclusões: Estes resultados mostram que os dois protocolos de exercício da natação aumentam prioritariamente o metabolismo aeróbio das fibras de contração lenta e intermediária, além de provocar grau variável de mudanças na morfologia das fibras.pt
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rightsAcesso aberto
dc.subjectFibras musculares
dc.subjectMusculos abdominais
dc.subjectReto do abdome/Anatomia e Histologia
dc.subjectExercicio
dc.titleEfeito da natação sobre o músculo reto do abdome do rato: estudo morfológico e histoquímicopt
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.identifier.filePublico-10687.pdf
dc.description.sourceTEDE
unifesp.campusSão Paulo
unifesp.graduateProgramFisiologia do Exercício


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record