A prevalência de lesões intra-epiteliais de baixo e alto grau em mulheres com diagnóstico colpocitológico de atipias de significado indeterminado no município de Maceió, Alagoas

Imagem de Miniatura
Data
2010-03-31
Autores
Costa, Railda Fraga [UNIFESP]
Orientadores
Barros, Sonia Maria Oliveira de [UNIFESP]
Tipo
Dissertação de mestrado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Introduction: The cervical cytology by the Papanicolaou method allows early detection of precursor lesions of cervical cancers and cytopathic changes, giving priority to women at greatest risk, providing diagnosis, treatment and follow-up with. Objectives: To determine the prevalence of squamous intraepithelial lesions of low and high grade in women with Pap smear diagnosis of atypical cells of undetermined significance in the city of Maceió, Alagoas, to determine the influence of age (in years) and the etiologic agents for STDs the risk of development of lesions and intraepithelial high-grade in women diagnosed with cervical cytology of atypical cells of undetermined significance. Method: A cross-sectional prevalence Tour held at the Health Care Salgadinho; Block Health Care of Women Maceió, Alagoas. We studied records of 253 women with Pap smear diagnosis of atypical squamous cells of undetermined significance in the period of one year. Results: The prevalence of intraepithelial lesions was 23.7% (60 cases): 14 cases with low-grade lesion, (26.7%) and 46 with injuries to top grade or carcinoma (73.3%). Conclusions: The prevalence of squamous intraepithelial lesions of high grade in women diagnosed with cervical cytology of atypical cells of undetermined significance was high, increasing the risk for the development of lesions was proportional to increasing age and there was a higher percentage of women infected with papillomavirus among the carriers with low-grade lesion.
Introdução: O exame colpocitológico pelo método de Papanicolaou permite a detecção precoce de lesões precursoras de neoplasias do colo uterino e alterações citopáticas, priorizando as mulheres de maior risco, garantindo diagnóstico, tratamento e seguimento adequados. Objetivos: Determinar a prevalência de lesões intra-epiteliais de baixo e alto grau em mulheres com diagnóstico colpocitológico de atipias de significado indeterminado no município de Maceió, Alagoas; conhecer a influência da idade (em anos completos) e os agentes etiológicos para doenças sexualmente transmissíveis para o risco de desenvolvimento das lesões e intra-epiteliais de alto grau em mulheres com diagnóstico colpocitológico de atipias de significado indeterminado. Método: Estudo transversal de prevalência realizado no Posto de Atendimento Médico Salgadinho; Bloco de Atenção à Saúde da Mulher Maceió, Alagoas. Foram estudados 253 prontuários de mulheres com diagnóstico colpocitológico de atipias de significado indeterminado no período de um ano. Resultados: A prevalência de lesões intraepiteliais foi de 23,7% (60 casos): 14 casos com lesão de baixo grau, (26,7%) e 46 com lesão de alto grau ou carcinoma (73,3%). Conclusões: A prevalência de lesões intra-epiteliais de alto grau em mulheres com diagnóstico colpocitológico de atipias de significado indeterminado foi elevada, o aumento do risco para o desenvolvimento das lesões foi proporcional ao aumento da idade e observou-se maior percentual de mulheres infectadas com o papilomavirus entre as portadoras de lesões de baixo grau.
Descrição
Para citação, referenciar também o artigo: A prevalência de lesões intra-epiteliais de baixo e alto grau em mulheres com diagnóstico colpocitológico de atipias de significado indeterminado no município de Maceió, Alagoas (http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6151) conforme determinação da orientadora.
Citação
COSTA, Railda Fraga. A prevalência de lesões intra-epiteliais de baixo e alto grau em mulheres com diagnóstico colpocitológico de atipias de significado indeterminado no município de Maceió, Alagoas. 2010. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2010.