Show simple item record

dc.contributor.authorTeixeira, Letícia Caldas
dc.contributor.authorRodrigues, Ana Luíza Vilar
dc.contributor.authorSilva, Áudrea Fernanda Girundi Da
dc.contributor.authorAzevedo, Renata [UNIFESP]
dc.contributor.authorGama, Ana Cristina Cortes [UNIFESP]
dc.contributor.authorBehlau, Mara [UNIFESP]
dc.date.accessioned2015-06-14T13:45:15Z
dc.date.available2015-06-14T13:45:15Z
dc.date.issued2013-01-01
dc.identifierhttp://dx.doi.org/10.1590/S2317-17822013000100003
dc.identifier.citationCoDAS. Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, v. 25, n. 1, p. 8-15, 2013.
dc.identifier.issn2317-1782
dc.identifier.urihttp://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7589
dc.description.abstractPURPOSE: To adapt the URICA questionnaire to assess the motivational stages of patients undergoing voice treatment, and to determine the association between these stages with age, type of dysphonia, level of education, profession, and number of voice therapy sessions. METHODS: A cross-sectional study design was employed, using a convenience sample composed of 66 dysphonic patients - 58 women and eight men - aged from 18 to 68 years, who were enrolled in outpatient care at two federal universities. As an exploratory tool, the URICA questionnaire was adapted to the area of voice, based on specific situations related to vocal behaviors. This questionnaire was named URICA-VOICE. It was administered individually and subjected to analyses. RESULTS: Most patients, 38 (57.6%), were in the contemplation stage, 20 (30.3%) were in the pre-contemplation, and only eight (12.1%) in the action stage, which is ideal to voice therapy. There was no association between adherence stages and the variables age, type of dysphonia, level of education, and number of voice therapy sessions. The variable profession was associated with the action stage of the URICA-VOICE. CONCLUSION: The URICA-VOICE showed that most dysphonic patients undergoing treatment are still in the contemplation stage, which may limit therapy outcomes. There was no relationship between the other variables and the adherence stages of the URICA-VOICE questionnaire.en
dc.description.abstractOBJETIVOS: Adaptar a escala URICA à avaliação dos estágios de mudança para a adesão de pacientes em tratamentos de voz; e verificar a relação destes com a idade do paciente, o tipo de disfonia, a escolaridade, a profissão e o número de sessões de fonoterapia. MÉTODOS: Estudo transversal, com amostra de conveniência, composta por 66 pacientes com disfonia, sendo 58 mulheres e oito homens, com idade entre 18 e 65 anos, atendidos em dois ambulatórios de instituições de ensino de Fonoaudiologia. Como instrumento exploratório, procedeu-se à adaptação brasileira da escala URICA para a área de voz, tendo como base situações específicas relacionadas ao comportamento vocal, denominada URICA-VOZ. O instrumento foi aplicado individualmente e as variáveis foram relacionadas. RESULTADOS: A maioria dos pacientes, 38 (57,6%), concentrou-se no estágio de contemplação, 20 (30,3%) no de pré-contemplação e apenas oito (12,1%) no de ação, ideal para a terapia fonoaudiológica. Não houve associação entre os estágios de adesão com as variáveis idade, tipo de disfonia, escolaridade e número de sessões de fonoterapia. A variável profissão apresentou associação com o estágio de ação URICA-VOZ. CONCLUSÃO: O uso da escala URICA-VOZ revelou que a maioria dos pacientes com disfonia em tratamento ainda se encontra no estágio de contemplação, o que pode restringir os resultados da terapia. Não houve relação entre as demais variáveis estudadas e os estágios de adesão do protocolo URICA-VOZ.pt
dc.format.extent8-15
dc.language.isopor
dc.publisherSociedade Brasileira de Fonoaudiologia
dc.relation.ispartofCoDAS
dc.rightsAcesso aberto
dc.subjectVoiceen
dc.subjectVoice disordersen
dc.subjectRehabilitationen
dc.subjectMotivationen
dc.subjectHealth behavioren
dc.subjectVozpt
dc.subjectDistúrbios da vozpt
dc.subjectReabilitaçãopt
dc.subjectMotivaçãopt
dc.subjectConduta de saúdept
dc.titleEscala URICA-VOZ para identificação de estágios de adesão ao tratamento de vozpt
dc.title.alternativeThe use of the URICA-VOICE questionnaire to identify the stages of adherence to voice treatmenten
dc.typeArtigo
dc.contributor.institutionUniversidade Federal de Minas Gerais Faculdade de Medicina Departamento de Fonoaudiologia
dc.contributor.institutionUniversidade Federal de Minas Gerais Curso de Fonoaudiologia
dc.contributor.institutionUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.description.affiliationUniversidade Federal de Minas Gerais Faculdade de Medicina Departamento de Fonoaudiologia
dc.description.affiliationUniversidade Federal de Minas Gerais Curso de Fonoaudiologia
dc.description.affiliationUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP) Departamento de Fonoaudiologia
dc.description.affiliationUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP) Programa de Pós-Graduação em Distúrbios da Comunicação Humana
dc.description.affiliationUnifespUNIFESP, Depto. de Fonoaudiologia
dc.description.affiliationUnifespUNIFESP, Programa de Pós-Graduação em Distúrbios da Comunicação Humana
dc.identifier.fileS2317-17822013000100003.pdf
dc.identifier.scieloS2317-17822013000100003
dc.identifier.doi10.1590/S2317-17822013000100003
dc.description.sourceSciELO


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record