Liberalismo e humanismo: as linguagens da consciência cívica na Inglaterra do século XVII

Imagem de Miniatura
Data
2012-12-01
Autores
Amadeo, Javier [UNIFESP]
Orientadores
Tipo
Artigo
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
The emergence of civic consciousness in 17th century England was linked to constitutional controversy in the decades preceding the civil war. The political conflict sparked an intense intellectual exploration, giving rise to the emergence of ideas and concepts that became dominant in modern political thought. The text focuses on the analysis of these languages that contributed to the development of civic consciousness. We will analyze, therefore, the language of law and the elements that contributed to the development of modern civic consciousness. If it is true that the language of law was one of the main political legacies of the 17th century, the text suggests that the language of virtue also had a crucial importance and we discuss the existence of a complex and contradictory articulation between both in the emergence of modern civic consciousness.
O surgimento da consciência cívica na Inglaterra do século XVII esteve vinculado à controvérsia constitucional nas décadas que precederam a guerra civil. O conflito político provocou uma intensa exploração intelectual, dando lugar ao surgimento de ideias e conceitos que se transformariam em dominantes no discurso e no pensamento políticos modernos. O texto tem como foco a análise dessas linguagens que contribuíram para o desenvolvimento dessa consciência cívica. Analisaremos, portanto, a linguagem do direito e os elementos nesta linguagem que contribuíram para o desenvolvimento da consciência cívica moderna. Se for verdade que a linguagem do direito foi um dos principais legados políticos do século XVII, o texto sugere que a linguagem da virtude também teve uma importância decisiva e analisa a existência de uma articulação complexa e contraditória entre ambas no surgimento da moderna consciência cívica.
Descrição
Citação
Varia Historia. Pós-Graduação em História, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Minas Gerais., v. 28, n. 48, p. 669-697, 2012.
Coleções