Avaliação do desenvolvimento infantil na atenção primária à saúde realizada por enfermeiros: revisão de escopo

Imagem de Miniatura
Data
2023-10-17
Autores
Oliveira, Rafaela [UNIFESP]
Orientadores
Buchhorn, Soraia Matilde Marques [UNIFESP]
Tipo
Trabalho de conclusão de curso de graduação
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Introdução: A primeira infância é um período crucial para o desenvolvimento cerebral humano. A neurociência mostra que as bases da arquitetura cerebral são criadas nesse período, influenciando o desenvolvimento infantil como um todo, com impactos diretos na vida adulta. Monitorar o crescimento e desenvolvimento é essencial na atenção primária nas consultas de puericultura para evitar atrasos e realizar intervenções precoces. Objetivos: identificar como é realizada a avaliação do desenvolvimento infantil pelos enfermeiros na Atenção Básica à Saúde. Métodos: trata-se de uma revisão de escopo estruturada de acordo com as recomendações do Joanna Briggs Institute nas bases de dados BVS, PubMed, COCHRANE, CINAHL e SCOPUS. Foram realizadas pesquisas na Literatura Cinzenta, coletando dissertações e teses a partir do Catálogo de Teses e Dissertações da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), Teses e dissertações da América Latina (UNILA) e Electronic Theses Online Service (EThOS). Resultados: Foram selecionados 18 estudos para compor a revisão, com achados relevantes para o cuidado da enfermagem como a importância do vínculo com a família e os profissionais, o uso de ferramentas para rastreamento dos atrasos do desenvolvimento infantil e padronização das consultas de puericultura. Conclusões: Compreende-se que o enfermeiro é parte integrante da avaliação do Crescimento e Desenvolvimento infantil, do diagnóstico à intervenção. Entretanto, não há uma padronização recomendada mundialmente das ferramentas utilizadas e do cuidado prestado.
Descrição
Citação
Coleções