A educação civilizatória nas páginas da revista O Tico-Tico (1905-1910)

Imagem de Miniatura
Data
2023-07-11
Autores
Sberg, Marina Soares [UNIFESP]
Orientadores
El Far, Alessandra [UNIFESP]
Tipo
Trabalho de conclusão de curso de graduação
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
A revista O Tico-Tico se estabeleceu de 1905 a 1962 no mercado editorial brasileiro apostando na produção para um público ainda pouco explorado no início do século XX: as crianças. Assim, se propondo a ser um meio não só de diversão, mas também de educação junto aos ambientes escolares, o periódico pretendia promover a formação dos “futuros cidadãos brasileiros”, visando a disseminação de hábitos e princípios da civilidade. Esta pesquisa tem como objetivo, portanto, a investigação e identificação dos aspectos formadores de uma educação civilizatória, ou seja, da instrução de modelos de comportamento e da apreciação de determinados valores que possibilitariam o desenvolvimento de um Brasil “civilizado”. Além disso, a análise busca indicar as diferenciações existentes entre gêneros nos discursos mobilizados, tendo em vista os espaços dedicados na revista para a educação dos meninos e das meninas. Para isso, o estudo apoia-se, principalmente, nas ideias elaboradas por Norbert Elias a respeito do processo civilizador e por Carlota Boto sobre a escola como um ambiente que civiliza os indivíduos, focando nos textos publicados nas seções “Lições de Vovô” e “Secção para Meninas” entre os anos 1905-1910.
O Tico-Tico journal established itself from 1905 to 1962 in the publishing market betting on producing for an audience that was still untapped at the beginning of the 20th century: the children. Thus, proposing to be a way not only of entertainment, but also of education in school environments, the journal intended to promote the formation of “future Brazilian citizens”, aiming at the dissemination of habits and principles of civility. This research seeks, therefore, to investigate and identify the formative aspects of a civilizing education, in other words, the instruction of behavior models and the appreciation of certain values that would enable the development of a “civilized” Brazil. Furthermore, the analysis aims to indicate the existing differences between genders in the mobilized discourses, bearing in mind the spaces dedicated in the journal to the education of boys and girls. To this end, the study is based mainly on the ideas elaborated by Norbert Elias about the civilizing process and by Carlota Boto about the school as an environment that civilizes individuals, focusing on the texts published in the sections “Lições de Vovô” and “Secção para Meninas” during the years 1905-1910.
Descrição
Citação
SBERG, Marina Soares. A educação civilizatória nas páginas da revista O Tico-Tico (1905-1910). 41 f. Trabalho de conclusão de curso (Bacharelado em Ciências Sociais). Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade Federal de São Paulo, Guarulhos, 2023.