Interdisciplinary lifestyle therapy improves binge eating symptoms and body image dissatisfaction in Brazilian obese adults

Imagem de Miniatura
Data
2012-01-01
Autores
Carvalho-Ferreira, Joana Pereira de [UNIFESP]
Cipullo, Marcos Alberto Taddeo [UNIFESP]
Caranti, Danielle Arisa [UNIFESP]
Masquio, Deborah Cristina Landi [UNIFESP]
Andrade-Silva, Stephan Garcia [UNIFESP]
Pisani, Luciana Pellegrini [UNIFESP]
Dâmaso, Ana Raimunda [UNIFESP]
Orientadores
Tipo
Artigo
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
INTRODUCTION: Obesity is related to numerous negative consequences for physical and mental health. It is often associated with the presence of binge eating disorder, body image dissatisfaction, and general psychopathology. OBJECTIVE: To assess the effects of an interdisciplinary lifestyle therapy on binge eating symptoms, depression, anxiety, body dissatisfaction, and quality of life in obese adults. METHODS: A total of 49 obese adults (body mass index = 37.35±5.82 kg/m²; age = 44.14±10.00 years) participated in a weight-loss program for 6 months. Symptoms suggestive of binge eating, body dissatisfaction, depression, anxiety, and quality of life were measured using self-reported questionnaires. Food intake was assessed using a 3-day dietary record. Data were analyzed using analysis of variance (ANOVA). RESULTS: ANOVA results showed a reduction in binge eating symptoms and in body dissatisfaction results. Depression and anxiety symptoms also decreased, and an increase was observed in quality of life scores. After therapy, a significant improvement was observed in dietary patterns, as well as significant weight loss. A positive correlation was found between variation of anxiety symptoms and lipid intake. Binge eating symptoms were associated with anxiety symptoms and body image dissatisfaction, and body image dissatisfaction correlated positively with anxiety symptoms in males only. In females, a positive correlation was observed between depression and binge eating symptoms. CONCLUSION: The interdisciplinary therapy was effective in promoting positive physical and psychological changes and in improving the quality of life of obese adults.
INTRODUÇÃO: A obesidade se relaciona com inúmeras consequências negativas para a saúde física e mental. Está frequentemente associada com transtorno da compulsão alimentar periódica, insatisfação com a imagem corporal e psicopatologia geral. OBJETIVO: Avaliar os efeitos de uma terapia interdisciplinar de mudança do estilo de vida sobre sintomas de compulsão alimentar, depressão, ansiedade, insatisfação com a imagem corporal e qualidade de vida em adultos obesos. MÉTODOS: Um total de 49 adultos obesos (índice de massa corporal = 37.35±5.82 kg/m²; idade = 44.14±10.00 anos) participaram de um programa de redução de peso por 6 meses. Sintomas de compulsão alimentar, insatisfação com a imagem corporal, depressão, ansiedade e qualidade de vida foram avaliados por meio de questionários autoaplicáveis. O consumo alimentar foi avaliado utilizando-se um registro alimentar de 3 dias. Os dados foram analisados utilizando análise de variância (ANOVA). RESULTADOS: Os resultados da ANOVA mostraram uma redução nos sintomas de compulsão alimentar e na insatisfação com a imagem corporal. Os sintomas de depressão e ansiedade também diminuíram, e foi observado um aumento nos escores de qualidade de vida. Após a terapia, foi verificada melhora significativa no perfil nutricional, assim como significativa redução de peso. Foi observada uma correlação positiva entre a variação dos sintomas de ansiedade e o consumo de lipídios. Sintomas de compulsão alimentar apresentaram associação com sintomas de ansiedade e insatisfação com a imagem corporal, e a insatisfação com a imagem corporal se correlacionou positivamente com os sintomas de ansiedade nos homens. Nas mulheres, foi observada uma correlação positiva entre sintomas de depressão e de compulsão alimentar. CONCLUSÃO: A terapia interdisciplinar foi eficaz na promoção de mudanças físicas e psicológicas e proporcionou uma melhor qualidade de vida em adultos obesos.
Descrição
Citação
Trends in Psychiatry and Psychotherapy. Associação de Psiquiatria do Rio Grande do Sul, v. 34, n. 4, p. 223-233, 2012.
Coleções