Qualidade de vida de surfistas amadores

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2021
Autores
Doro, Luiz Carlos Marinovic [UNIFESP]
Orientadores
Lombardi Júnior, Imperio [UNIFESP]
Tipo
Tese de doutorado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
In the present study, we researched surfing, body practice in nature with more than seven million practitioners in Brazil. In doing so, physical and psychological capacities are used, such as balance, flexibility, general motor, coordination, confidence, self-esteem in addition to social and cultural integration. The objective of the research was to evaluate the quality of life of amateur surfers in the cities of Santos, Praia Grande, Monguagá, Itanhaém e Peruíbe. Nine male and female amateur surfers aged between 40 57 years, with more than five years of practice, participated in this research. For this purpose, a descriptive exploratory research of a qualitative nature was carried out. For data collection, the following instruments were used: quality of life questionnaire, Whoqolbref, Brazil economic classification questionnaire, and semi- structured individual interview. With the results of this research, it was possible to verify that amateur surfers from Baixada Santista have an intense life routine, and need to harmonize social, professional and family times to practice surfing. However, all these efforts are rewarded with moments of satisfaction and with results that indicate a good quality of life.
No presente trabalho pesquisamos o surfe, prática corporal em natureza com mais de sete milhões de praticantes no Brasil. Ao realizá-lo são utilizadas capacidades físicas e psicológicas, como o equilíbrio, a flexibilidade, a coordenação motora geral, a confiança, a autoestima além, da integração social e cultural. O objetivo da pesquisa foi avaliar a qualidade de vida de surfistas amadores das cidades de Santos, Praia Grande, Mongaguá, Itanhaém e Peruíbe. Participaram desta pesquisa nove surfistas amadores do sexo masculino e feminino com idade entre (40 a 57) anos com mais de cinco anos de prática. Para tanto, foi realizada uma pesquisa descritiva do tipo exploratória de cunho qualitativo. Para a coleta de dados foram utilizados os seguintes instrumentos: questionário de qualidade de vida, Whoqol-Bref, questionário de classificação econômica Brasil, anamnese, e entrevista individual semiestruturada. Com os resultados dessa pesquisa, foi possível verificar que os surfistas amadores da Baixada Santista possuem uma rotina de vida intensa, e necessitam harmonizar os tempos sociais, profissionais e familiares para praticar o surfe, entretanto, todo esses esforços são recompensados com momentos de satisfação e com resultados que indicam uma boa qualidade de vida.
Descrição
Citação