O efeito da pratica de stand up paddle sobre a aptidão física em pessoas idosas

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2021
Autores
Osti, Fabiana Rodrigues [UNIFESP]
Orientadores
Guerra, Ricardo Luís Fernandes [UNIFESP]
Tipo
Dissertação de mestrado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
With the aging process, numerous changes occur in the systems that directly contribute to the decrease in physical fitness related to the health of the elderly. The stand-up paddle has been arousing interest in people of different age groups, including the elderly, and its practice allows the development of physical fitness. The study aimed to evaluate the effect of the practice of stand-up paddle on physical fitness in elderly people. Participated in this research 10 elderly people who underwent tests to assess the static and dynamic balance, flexibility, muscle strength of the trunk, handgrip strength, and aerobic resistance. The practice was carried out for 8 weeks, followed by reevaluation by the same tests. The data were analyzed by statistical tests (p≤0.05). The results showed that with regard to dynamic balance, flexibility and handgrip there was a significant difference, however, this did not occur in relation to the aerobic endurance test. Significant differences were observed in the static balance test in the AP and ML amplitude and speed variables and area both in the united feet position and in the tandem position, both in open and closed eyes, except for the AP amplitude and speed variables in the tandem closed eyes position. . The peak strength for both the extensor and trunk flexor muscles showed a significant difference in the task factor and for the flexors in the task intervention interaction, there was a significant difference in the time of the fatigue task for both and for the time from the beginning of the task to the peak of strength did not present difference as much for the flexor muscles as for the trunk extensors. SUP demonstrated an improvement in physical aptitudes such as flexibility, strength, endurance, it was shown to be an efficient activity for the improvement of components of postural control, improving balance and adequate training for the muscles along the body and especially for the abdominals and muscles. back. SUP can be considered an alternative to improve physical fitness in the elderly.
Com o processo de envelhecimento ocorrem inúmeras alterações nos sistemas que concorrem diretamente para a diminuição da aptidão física relacionada à saúde de pessoas idosas. O stand up paddle vem despertando o interesse em pessoas de diferentes faixas etárias inclusive em idosos e sua prática possibilita o desenvolvimento da aptidão física. O presente estudo teve como objetivo avaliar o efeito da prática de stand up paddle sobre a aptidão física em pessoas idosas. Participaram desta pesquisa 10 idosos que se submeteram a testes para avaliar o equilíbrio estático e dinâmico, flexibilidade, força muscular de tronco, força de preensão palmar e resistência aeróbia. A prática foi realizada durante 08 semanas, seguida de reavaliação pelos mesmos testes. Os dados foram analisados por testes estatísticos (p≤0,05), e os resultados demonstraram que com relação ao equilíbrio dinâmico, flexibilidade e preensão palmar houve diferença significativa, no entanto isso não ocorreu em relação ao teste de resistência aeróbia. Observou-se no teste de equilíbrio estático diferença significativas nas variáveis amplitude e velocidade AP e ML e área tanto na posições pés unidos quanto na posicição tandem, ambas em olhos abertos e fechados, exceto para as variáveis amplitude e velocidade AP da posição tandem olhos fechados. O pico de força tanto para os músculos extensores quanto flexores de tronco apresentaram diferença significativa no fator tarefa e para os flexores na interação intervenção tarefa, houve diferença significativa no tempo da tarefa de fadiga para ambos e para o tempo de inicio da tarefa até o pico de força não apresentou diferença tanto para os musculos flexores quanto para os extensores de tronco. O SUP demonstrou melhora nas aptidões físicas como flexibilidade, força, resistência, mostrou-se uma atividade eficiente para a melhora de componentes do controle postural melhorando o equilíbrio e um treinamento adequado para os músculos ao longo do corpo e especialmente para os músculos abdominais e das costas. O SUP pode ser considerado uma alternativa para a melhora da aptidão física em idosos.
Descrição
Citação