Avaliação dos efeitos da imunização ativa com o mAb anti-Id 10.D7 em combinação com a imunização passiva com o mAb 3F12E7 em modelo de tumor B16-F10

Imagem de Miniatura
Data
2023-04-06
Autores
Pereira, Tauane Mathias [UNIFESP]
Orientadores
Moraes, Jane Zveiter de [UNIFESP]
Tipo
Dissertação de mestrado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
A terapia com anticorpos para o tratamento do câncer oferece perspectivas de cura e reduz a toxicidade quando comparada aos tratamentos usuais. Nosso laboratório desenvolveu o anticorpo monoclonal (mAb) anti-FGF2 3F12E7 e, para ser explorado em abordagem alternativa à administração do anticorpo anti-VEGF comercial bevacizumabe, o mAb anti-idiotípico de bevacizumabe 10.D7, que mimetiza o VEGF. Este trabalho teve como objetivo avaliar os efeitos da imunização ativa (IA) com o mAb anti-Id 10.D7 em combinação com a imunização passiva (IP) com o mAb 3F12E7 em modelo de tumor murino. Foram utilizados dois protocolos de tratamento. No protocolo 1, camundongos C57Bl/6 foram imunizados duas vezes com o mAb anti-Id 10.D7 ou com anticorpo irrelevante (Irr), com intervalo de sete dias entre as imunizações. Os animais foram desafiados com células B16-F10 dez dias após a segunda imunização e, posteriormente, tratados com o mAb 3F12E7 ou anticorpo irrelevante por quatro vezes, em intervalos de 48 horas. No protocolo 2, os mesmos procedimentos foram realizados e uma terceira imunização ativa foi incluída. Quinze dias após a terceira imunização, os animais foram desafiados com as células B16-F10. Os níveis séricos de anticorpos ligantes de VEGF e o desenvolvimento tumoral foram avaliados. Os resultados mostraram que os soros dos animais submetidos aos protocolos de tratamento 1 e 2 apresentaram níveis similares de anticorpos ligantes de VEGF. Diferente do obtido com o protocolo 1, os animais tratados com o protocolo 2 apresentaram alterações significantes nas curvas de crescimento tumoral e de sobrevivência livre de tumor nos grupos IA-Irr + IP-3F12E7, IA-10.D7 + IP-Irr e IA-10.D7 + IP-3F12E7 comparados com o grupo IA-Irr + IP-Irr. Os tumores obtidos dos animais submetidos ao protocolo 1 foram excisionados e analisados por PCR em tempo real quanto a expressão gênica de VEGF, PDGF-β e PlGF. Detectou-se uma diferença significativa na expressão gênica de PlGF nos grupos IA-Irr + IP-3F12E7 e IA-10.D7 + IP-Irr comparados com o grupo IA-Irr + IP-Irr. Além disso, uma correlação positiva entre os níveis séricos de anticorpos ligantes de VEGF e a expressão gênica tumoral de VEGF foi encontrada no grupo IA-10.D7 + IP-3F12E7.
Antibody  therapy  for  cancer  treatment  offers  perspectives  for  a  cure  and  reduces toxicity when compared to usual treatments. Our laboratory has developed  the  anti­FGF2  3F12E7  monoclonal  antibody  (mAb)  and,  to  be  explored  in  an  alternative  approach  to  the  administration  of  the  commercial  anti­VEGF  antibody  bevacizumab,  the  anti­bevacizumab  idiotype  (Id)  mAb  10.D7,  which  mimics  VEGF.  This  worked  aimed  to  evaluate  the  effects  of  the  active  immunization  (AI)  with  the  anti­Id 10.D7 mAb in combination with the passive immunization (PI) with the 3F12E7  mAb  in  a  murine  tumor  model.  Two  treatment  protocols  were  used.  In  protocol  1,  C57BL/6  mice  were  immunized  twice  with  the  anti­Id  10.D7  mAb  or  irrelevant  (Irr)  antibody, with an interval of seven days between immunizations. The animals were  challenged  with  B16­F10  cells  ten  days  after  the  second  immunization  and,  subsequently, treated four times with the 3F12E7 mAb or the irrelevant antibody, at  intervals of 48 hours. In protocol 2, the same procedures were performed, and a third  active  immunization  was  included.  Fifteen  days  after  the  third  immunization,  the  animals  were  challenged  with  B16­F10  cells.  The  VEGF­binding  antibody  serum  levels and the tumor development were evaluated. The results showed that the sera  from the animals submitted to treatment protocols 1 and 2 showed similar levels of  VEGF­binding  antibodies.  Different  from  the  obtained  with  protocol  1, the animals treated  with  protocol  2  showed  significant  changes  in  the  tumor  growth  and  the  tumor­free survival curves in the AI­Irr + PI­3F12E7, AI­10.D7 + PI­Irr and AI­10.D7 +  PI­3F12E7  groups compared to the AI­Irr  + PI­Irr  group.  The tumors  obtained from  the animals submitted to protocol 1 were excised and analyzed by real­time PCR for  the  gene  expression  of  VEGF,  PDGF­β, and PlGF.  It  was  detected  a  significant  difference in the gene expression of PlGF in the AI­Irr + PI­3F12E7 and AI­10.D7 +  PI­Irr groups compared to the AI­Irr + PI­Irr group. Furthermore, a positive correlation  between the VEGF­binding antibody serum levels and the tumor gene expression of  VEGF was found in the AI­10.D7 + PI­3F12E7 group.
Descrição
Citação
PEREIRA, Tauane Mathias . Avaliação dos efeitos da imunização ativa com o mAb anti-Id 10.D7 em combinação com a imunização passiva com o mAb 3F12E7 em modelo de tumor B16-F10. 2023. 58 f. Dissertação (Mestrado em Biologia Molecular) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). São Paulo, 2023.