Efetividade de um programa de suplementação alimentar no estado nutricional de crianças moradoras de uma metrópole da região Amazônica Brasileira: um estudo de coorte do mundo real

Imagem de Miniatura
Data
2022-12-13
Autores
Mosquera, Elaine Martins Bento [UNIFESP]
Orientadores
Morais, Mauro Batista de [UNIFESP]
Tipo
Dissertação de mestrado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Introdução: Existem poucos estudos sobre a efetividade de programas governamentais de distribuição de leite na melhora do estado nutricional das crianças atendidas. Objetivo: Avaliar a efetividade de um programa de suplementação alimentar no estado nutricional de crianças. Métodos: Este estudo de coorte retrospectiva do “mundo real” incluiu crianças moradoras em Manaus (n=7.752) admitidas no programa de nutrição infantil (educação nutricional e distribuição de fórmula infantil) entre 2017 e 2020 com idade entre 12 e 24 meses. Foram avaliados o peso e a estatura das crianças na admissão e nas reavaliações de acompanhamento e a análise do estado nutricional foi realizada através do modelo de regressão linear multinível, e de avaliação pareada entre a admissão e 6 a 9 meses de participação no programa em 1.617 crianças de 12 a 15 meses para os escores z do peso para idade (P/I), peso para estatura (P/E), índice de massa corpórea para idade (IMC/I) e estatura para idade (E/I). Resultados: No modelo de regressão linear, as crianças admitidas com déficit nutricional a cada um mês na idade da criança no programa de nutrição infantil aumentam o escore z dos parâmetros antropométricos no sentido de recuperação nutricional após o período de acompanhamento, sendo estatisticamente significante. Na análise pareada, as crianças admitidas com déficits antropométricos apresentaram redução estatisticamente significante dos déficits com maior relevância após a intervenção. Na evolução do estado nutricional classificado de acordo com o IMC/I ocorre um aumento dos valores dos escores z nas crianças com magreza (∆+1,61 DP) e uma diminuição deste indicador nas crianças com risco de sobrepeso (∆-0,27 DP), sobrepeso (∆-0,78 DP), e obesidade (∆-1,23 DP), sendo estatisticamente significante.. Conclusões: O programa de nutrição infantil foi efetivo para a recuperação nutricional dos déficits ponderais, como também para a redução do excesso de peso e aumento do indicador estatura para idade em crianças admitidas com déficit antropométrico.
Descrição
Citação
MOSQUERA, Elaine Martins Bento. Efetividade de um programa de suplementação alimentar no estado nutricional de crianças moradoras de uma metrópole da região Amazônica Brasileira: um estudo de coorte do mundo real. 2022. 55 f. Dissertação (Mestrado em Nutrição) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). São Paulo, 2022.