Um estudo empírico sobre as práticas de devops

Imagem de Miniatura
Data
2023-01-16
Autores
Lima, Pedro Tanajura Freire Meira [UNIFESP]
Orientadores
Martins, Luiz Eduardo Galvão [UNIFESP]
Tipo
Trabalho de conclusão de curso de graduação
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
O movimento DevOps foi responsável por facilitar o desenvolvimento e lançamento de atualizações em ciclos curtos de entrega, por meio da aproximação entre as equipes de desenvolvimento e operações e por promover um conjunto de processos automatizados com foco na distribuição de aplicações e atualizações estáveis. A cultura e as práticas decorrentes desse movimento trouxeram consigo diversos benefícios e desafios para as organizações e profissionais da área de TI. Neste trabalho foram mapeados os principais benefícios, desafios e práticas relacionadas a DevOps, para desenvolver um conjunto de questões capazes de coletar a percepção e opinião dos entrevistados sobre os temas escolhidos. As questões foram desenvolvidas através da metodologia de survey research e distribuídas separadamente e de forma não-probabilística por meio de enquetes em grupos do LinkedIn especializados em discutir e compartilhar informações relacionadas a área de DevOps. No total, foram coletadas 3251 respostas. Com base nos resultados obtidos, foi evidenciado que a maioria dos profissionais de TI entrevistados utilizam pipelines automatizadas de integração, teste, entrega e monitoramento contínuo no desenvolvimento de aplicações e relacionam as práticas e cultura DevOps com a aproximação entre as equipes de desenvolvimento e operações, e com a utilização de computação em nuvem, containers e microsserviços. Além disso, a maioria dos entrevistados concorda que existem dificuldades durante a implantação das práticas e processos de DevOps, e durante o aprimoramento da comunicação entre as equipes de desenvolvimento e operações.
The DevOps movement was responsible for facilitating the development and release of updates in short delivery cycles, by bringing development and operations teams closer together and promoting a set of automated processes focused on the distribution of stable applications and updates. The culture and practices resulting from this movement brought with it several benefits and challenges for organizations and professionals in the IT area. In this work, the main benefits, challenges and practices related to DevOps were mapped, to develop a set of questions capable of collecting the perception and opinion of respondents on the chosen topics. The questions were developed using the survey research methodology and distributed separately and in a non-probabilistic way through polls in LinkedIn groups specialized in discussing and sharing information related to the DevOps area. In total, 3251 responses were collected. Based on the results obtained, it was evidenced that most IT professionals interviewed use automated pipelines for continuous integration, testing, delivery and monitoring in software development and relate DevOps practices and culture with the approximation between development and operations teams, and with the use of cloud computing, containers and microservices. In addition, most respondents agree that there are difficulties when implementing DevOps practices and processes, and when improving the communication between development and operations teams.
Descrição
Citação