Índice de encalhes de toninhas (Pontoporia blainvillei) no Litoral de São Paulo

Imagem de Miniatura
Data
2022-12-12
Autores
Scioli, Caroline Vicente Simões [UNIFESP]
Orientadores
Yokoyama, Leonardo Querobim [UNIFESP]
Tipo
Trabalho de conclusão de curso de graduação
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Há diversos motivos para animais marinhos encalharem nas regiões costeiras, mas devido às condições que se encontram no momento da necrópsia, com um alto nível de decomposição, muitas vezes é difícil averiguar a razãode seu óbito. Por outro lado, os encalhes representam registros importantes da presença de determinadas espécies na região. Desta forma, o monitoramento de encalhes, especialmente de cetáceos marinhos, tem sido um recurso fundamental para o entendimento dos padrões de distribuição das espécies. Com isso, cada vez mais há estudos que buscam entender as causas dos encalhes. Dentre os cetáceos marinhos da costa brasileira, a toninha Pontoporia blainvillei representa a maior incidência de registros de encalhe, entretanto não há muita informação sobre os padrões de encalhes para a costa brasileira. Neste contexto, neste trabalho buscou-se analisar o padrão de encalhes de P. blainvillei ao longo do litoral paulista, comparando três regiões com diferentes gradientes de urbanização e caracterização geomorfológica (Litoral Norte, Baixada Santista e Litoral Sul). Para tanto, foi analisado o banco de dados Sistema de Informação de Monitoramento da Biota Aquática (SIMBA) sobre encalhes de P. blainvillei entreos anos de 2019 e 2021. Foram encontrados padrões nos encalhes entre os meses, sendo os com maior índice nos períodos mais quentes (setembro a janeiro), enquanto os menores foram registrados nos meses mais frios (marçoa agosto). Com relação à região dos encalhes, os maiores valores foram registrados na Baixada Santista, sendo possível que esses encalhes ocorreram por motivos geográficos, climatológicos e por migrações da espécie. Considerando que a espécie é a que mais encalha no Brasil, é importante que tenham mais informações sobre seus padrões de migrações, para buscar a razão por trás dos encalhes e avaliar os impactos na biologia populacional dessa espécie.
Descrição
Citação
SCIOLI, Caroline Vicente Simões. Índice de encalhes de toninhas (Pontoporia blainvillei) no Litoral de São Paulo. 2022. 21 f. Trabalho de conclusão de curso (Graduação em Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia do Mar) - Instituto do Mar, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2022.