Show simple item record

dc.contributor.advisorCosta, Rosangela Calado da [UNIFESP]
dc.contributor.authorResende, Beatriz Oliveira [UNIFESP]
dc.coverage.spatialDiademapt_BR
dc.date.accessioned2023-01-17T15:16:19Z
dc.date.available2023-01-17T15:16:19Z
dc.date.issued2023-01-04
dc.identifier.urihttps://repositorio.unifesp.br/11600/66382
dc.description.abstractPode-se entender o desenvolvimento sustentável como um processo contínuo de redução de privações – ou seja, redução de situações como fome, morbidez, analfabetismo, entre outras –, em circunstâncias que possibilitem a continuidade dos serviços prestados pelos ecossistemas. Uma forma de conhecer as privações pelas quais um grupo social passa é investigar suas representações sociais, as quais podem ser entendidas como o conhecimento partilhado por um grupo, permeado pelas individualidades de cada pessoa. Nesse sentido, este estudo pretendeu investigar as representações sociais de catadores de recicláveis sobre si mesmos, bem como as dificuldades encontradas na realização de suas atividades. Para isso, foram preenchidos formulários mediante realização de conversas com catadores de recicláveis do município de São Bernardo do Campo (SP). Na primeira parte do formulário, buscou-se conhecer as representações sociais dos participantes desta pesquisa, a partir da aplicação da técnica de Evocação Livre de Palavras (ELP), com o termo indutor “catador”; a segunda parte foi destinada a coletar informações sobre o perfil dos participantes e as dificuldades encontradas por eles para a realização de sua atividade. As representações sociais obtidas indicaram que o grupo de catadores participantes desta pesquisa associaram o termo indutor “catador” com necessidades básicas, as quais levaram os respondentes a se envolver com a atividade de catação como um meio de sobrevivência. As principais dificuldades encontradas pelos participantes da pesquisa para a atividade de catador dizem respeito ao preço de venda dos materiais; à procura de material em condições climáticas desfavoráveis, como dias de chuva e de calor intensos; à busca improdutiva de material; e à exposição ao risco de contaminação durante a catação. Foi possível verificar que os catadores participantes desta pesquisa estão submetidos a diversas privações, as quais representam obstáculos para que esse grupo alcance condições de trabalho mais dignas e melhor qualidade de vida.pt_BR
dc.description.abstractIt is possible understand sustainable development as a continuous process of reducing privation – i.e., reducing situations such as hunger, morbidity, illiteracy, among others –, in circumstances that allow ecosystem services provision. One way of knowing the privations that a social group goes through is to investigate their social representations, which can be understood as the knowledge shared by a group, permeated by the individualities of each person. In this sense, this study intended to investigate the social representations of recyclable waste pickers about themselves, as well as the difficulties encountered in carrying out their activities. For this, forms were filled out through conversations with recyclable waste pickers in the municipality of São Bernardo do Campo (SP). In the first part of the form, we sought to know the social representations of the participants in this research, based on the application of the Free Evocation of Words technique, with the inducing term “picker” (“catador”, in Portuguese language); the second part was intended to collect information about the profile of the participants and the difficulties encountered by them in carrying out their activity. The social representations obtained indicated that the group of pickers participating in this research associated the inducing term “picker” with basic needs, which led the respondents to get involved with the activity of pickering as a means of survival. The main difficulties encountered by the research participants for the activity of waste pickering are related to the selling price of the materials; looking for material in unfavorable climatic conditions, such as days of rain and intense heat; the unproductive search for material; and exposure to the risk of contamination during the activiy. It was possible to verify that the recyclable waste pickers participating in this research are submitted to several privations, which represent obstacles for this group to reach more dignified working conditions and a better quality of life.pt_BR
dc.format.extent58 f.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulopt_BR
dc.rightsAcesso abertopt_BR
dc.subjectResíduos sólidos urbanospt_BR
dc.subjectReciclagempt_BR
dc.subjectPolítica Nacional de Resíduos Sólidospt_BR
dc.subjectRecyclingpt_BR
dc.subjectUrban solid wastept_BR
dc.subjectNational Policy on Solid Wastept_BR
dc.titleRepresentações sociais de catadores de recicláveis de São Bernardo do Campo (SP)pt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de curso de graduaçãopt_BR
unifesp.campusInstituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas (ICAQF)pt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/4638308738481562pt_BR
unifesp.graduacaoCiências Ambientaispt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record