Assistência em oncologia e a pandemia da COVID-19: ações atuais e futuras

Imagem de Miniatura
Data
2022
Autores
Lima, Ludmila Malaquias de [UNIFESP]
Orientadores
De Domenico, Edvane Birelo Lopes [UNIFESP]
Tipo
Trabalho de conclusão de curso de graduação
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Objetivos: Caracterizar a prática de médicos e enfermeiros especialistas em oncologia na vigência da pandemia da COVID-19 e o que acreditam ser necessário empreender no período posterior a esta. Método: Estudo transversal, quantitativo, com médicos e enfermeiros especialistas em Oncologia. Resultados: 63 participantes, 74,6% enfermeiros e 25,4% médicos. A maioria relatou a adoção de consultas médicas e de enfermagem presenciais e a distância; ter postergado a realização de exames para reestadiamento e privilegiado tratamentos neoadjuvantes com fármacos antineoplásicos de via oral. Sobre os procedimentos mais difíceis de serem realizados, obteve-se: cirurgias; exames por imagem; atendimentos emergenciais em pronto-socorro e procedimentos invasivos para o diagnóstico. Conclusão: Os profissionais adotaram mudanças na prática que avaliam ter mantido ou mesmo superado a qualidade da assistência pré-pandemia, e que as maiores dificuldades foram na manutenção de procedimentos invasivos, exames por imagem e atendimentos em pronto-socorro. Reconheceram a necessidade de adoção de ações para a recuperação da qualidade da atenção oncológica, englobando educação para a prevenção do câncer na população e melhores condições para realizar diagnósticos e promover tratamentos
Descrição
Citação
Coleções