Show simple item record

dc.contributor.advisorSilva, Ivonete Sandra de Souza e [UNIFESP]
dc.contributor.authorLeite, Liz Marjorie Batista de Freitas[UNIFESP]
dc.coverage.spatialSão Paulopt_BR
dc.date.accessioned2022-08-30T19:13:34Z
dc.date.available2022-08-30T19:13:34Z
dc.date.issued2022-07-07
dc.identifier.urihttps://repositorio.unifesp.br/11600/65472
dc.description.abstractO prognóstico dos pacientes co m carcinoma hepatocelular (CHC) submetidos a quimioembolização transarterial (TACE) é altamente heterogêneo devido á s caracterís ticas variáveis de carga tumoral e disfunção hepática. Obj etivo: Avaliar o valor prognóstico dos graus ALBI e PALBI em paciente s com CHC submetido a TACE . Métodos: Estudo retrospectivo analítico baseado em informações obtidas de prontuários de 154 pacientes com CHC que f oram submetidos exclusivamente à TACE no p eríodo de 2009 a 2018 . Os pacientes selecionados foram avaliados de acordo com caracte rísticas clínicas, laboratoriais, etiológicas e tumorais Para análise estatística foram utilizados os testes de Kaplan Meier e análise uni e multivariada por regressão d e Cox. Resultados: A mediana da idade foi de 62 anos. Houve predomínio do gênero masc ulino (75%) 75%). A principal etiologia da doença hepática crônica foi infecção pelo HCV (53%) e a maioria dos pacientes apresentava cirrose hepática compensada A sobrevida m ediana foi de 25 meses e as sobrevidas cumulativas segundo os graus de ALBI foram 42 m eses (IC 95% 30,026 ; 53,974), e 19 meses (IC 95% 13,851 ; 24,149) para os pacientes com grau 1, e graus 2 3 de ALBI, respectiva mente (p < 0,001) 0,001). Nesta análise os indiví duos incluídos na amostra que apresentaram o MELD > 15, a AFP > 20 e o Grau ALBI 2 e 3 tiveram uma menor sobrevida. O grau PALBI não esteve associado à sobrevida dos pacientes. Conclusões: Os indicadore s prognósti cos são importantes guias para formulação de um plano terapêutico em pacientes com doenças graves e possibilidade de múltiplas i ntervenções. O fator ALBI, em sua objetividade na representação de variáveis clínicas e facilidade de aplicação na pr ática médic a, destaca se como uma ferramenta prognóst ica promissora para portadores de CHC em acompanhamento clínico, bem como para utiliza ção em pesquisa.pt_BR
dc.format.extent61 f.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulopt_BR
dc.rightsAcesso abertopt_BR
dc.subjectCarcinoma hepatocelularpt_BR
dc.subjectQuimioembolizaçãopt_BR
dc.titleAvaliação dos escores ALBI e PALBI na sobrevida de pacientes com carcinoma hepatocelular submetidos a quimioembolização intrarterial tumoralpt_BR
dc.title.alternativeAssessment of ALBI and PALBI scores in the survival of patients with hepatocellular carcinoma submitted to tumor intraarterial chemeoembolizationen
dc.typeDissertação de mestradopt_BR
unifesp.campusEscola Paulista de Medicina (EPM)pt_BR
unifesp.graduateProgramGastroenterologiapt_BR
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/6175275504712819pt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/5846912595934815pt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record