Triagem de Tumores Cutâneos - aplicativo para smartphone

Imagem de Miniatura
Data
2022-05-25
Autores
Nisimoto, Melissa Yoshimi Sakamoto Maeda [UNIFESP]
Orientadores
Oliveira Filho, Renato Santos [UNIFESP]
Tipo
Dissertação de mestrado profissional
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Introdução: O câncer de pele avançado possui altas taxas de morbidade e letalidade, e a detecção e o tratamento precoces impactam no prognóstico. Para auxiliar o autoexame de pele, inúmeros aplicativos para smartphones estão sendo comercializados e disponibilizados. Esses aplicativos móveis com sistema de teledermatoscopia têm mostrado ser eficientes para o diagnóstico precoce do câncer de pele. Objetivo: Desenvolver um aplicativo para smartphone, aplicado por profissional qualificado, que permita triagem de tumores cutâneos. Método: Utilização do Design Thinking na construção de aplicativo para triagem de tumores cutâneos, e do método Delphi, para sua validação. Na fase “Descobrir”, realizada pesquisa Desk e busca de anterioridade nas bases Google, Google Play Store e Apple Store, com as palavras-chave: “Aplicativo”, “Triagem” e “Câncer de Pele”. Na fase “Definir”, os artigos selecionados, bem como aprimorar o questionário a ser respondido pelos juízes no método Delphi. Na etapa “Desenvolver”, com o apoio de profissional de tecnologia da informação, construir o App e testá-lo pelos membros da equipe pesquisadora. Resultados: Na busca de anterioridade não foi encontrado App similar, com proposta de ser aplicado por profissional qualificado e de envio das informações para um banco de dados em nuvem. De um total de 1012 artigos encontrados, foram selecionados. O App foi validado pelo método Delphi, tendo obtido Índice de Validação Global de 0,98. Conclusão: Foi construído e validado o aplicativo SkinPrev -“Triagem para Tumores Cutâneos.
Descrição
Citação
NISIMOTO, M.Y.S.M. Triagem de tumores cutâneos: aplicativo para smartphone. São Paulo, 2022. 76 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ciência, Gestão e Tecnologia Aplicadas à Regeneração Tecidual) - Escola Paulista de Medicina (EPM), Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). São Paulo, 2022.