Reflexões sobre a relação entre liberalismo e escravidão através do pensamento de Domenico Losurdo e Alfredo Bosi

Imagem de Miniatura
Data
2022-08
Autores
Azevedo, Mariana Rotiliano [UNIFESP]
Orientadores
Ferreira, Gabriela Nunes
Tipo
Trabalho de conclusão de curso de graduação
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
O objetivo deste trabalho é fazer uma análise da relação entre liberalismo e escravidão e como, em muitos momentos da História, o liberalismo não só foi neutro em relação a existência da escravidão, como também a defendeu, por meio da criação de argumentos que justificavam a inferioridade racial através da ciência da época, ou através da análise de escritos religiosos. Seja qual for o argumento utilizado pelos liberais, eles conseguiram fazer com que seu pensamento extrapolasse a esfera acadêmica e adentrasse na política, por meio da criação de leis que favoreciam uma certa classe em detrimento de outras. O trabalho analisa principalmente os estudos de dois autores: o crítico literário Alfredo Bosi, para compreender a formação social brasileira, e o historiador italiano Domenico Losurdo, cuja análise sobretudo de países como os Estados Unidos e a Inglaterra é importante para compreender as diferenças políticas, sociais e econômicas que foram sendo desenvolvidas entre metrópole e colônia no período analisado
The objective of this work is to analyze the relationship between liberalism and slavery and how, in many moments of History, liberalism was not only neutral in relation to the existence of slavery, but also defended it, through the creation of arguments that justified its existence, like racial inferiority through the science of the time, or through the analysis of religious writings. Whatever the argument used by liberals, they managed to make their thinking go beyond the academic sphere and into politics, through the creation of laws that favored a certain class over others. The work mainly analyzes the studies of two authors: the literary critic Alfredo Bosi, to understand the Brazilian social formation, and the Italian historian Domenico Losurdo, whose analysis mainly of countries like the United States and England is important to understand the political, social and economic differences that were being developed between metropolis and colony in the analyzed period.
Descrição
Citação