Show simple item record

dc.contributor.advisorLemes, Ana Paula [UNIFESP]
dc.contributor.authorSantos, Matheus Tavares [UNIFESP]
dc.date.accessioned2022-08-24T20:28:19Z
dc.date.available2022-08-24T20:28:19Z
dc.date.issued2022-01-26
dc.identifier.urihttps://repositorio.unifesp.br/11600/65402
dc.description.abstractOs resíduos que produzimos têm ganhado cada vez mais espaço nas manchetes jornalísticas, telejornais e nas redes sociais. A grande questão é que a nossa produção de resíduos só aumenta e, aparentemente, nós ainda não temos um modelo consolidado de como solucionar este problema. O mundo consumiu mais de 480 bilhões de garrafas plásticas de água em 2016 e, desse número, nem a metade foi descartada corretamente, sendo apenas 7% destes resíduos destinados à reciclagem, e o restante foi descartado na natureza ou destinado para aterros sanitários. Visto esta problemática, é de extrema importância buscar alternativas sustentáveis para minimizar a quantidade de resíduos no meio ambiente. Neste Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), foi realizado um estudo sobre a reciclabilidade do PET, poli(tereftalato de etileno), oriundo das embalagens multicamadas, visando as melhores formas de reciclagem deste material, pois o setor de embalagens multicamadas foi o de maior consumo em 2020, representando 693 mil toneladas de plástico produzido, enquanto as constituídas de monocamada somaram 602 mil toneladas. Sabe-se que o PET é um dos polímeros mais reciclados do mundo, porém o PET oriundo de embalagens multicamadas tem sua reciclagem dificultada devido à contaminação por outros materiais presentes neste tipo de embalagem, tornando este tipo de reciclagem incomum e, na maioria das vezes, ela não ocorre. Verificouse no presente estudo que a reciclagem química do PET é o processo mais utilizado no caso desse tipo de embalagem, mas ainda é um grande desafio para o Brasil e para o mundo, visto que processos de reciclagem em larga escala são raramente encontrados. Isso porque esses processos de reciclagem química se baseiam no uso de solventes orgânicos e na reação de despolimerização do PET que normalmente é lenta. Poucos foram os trabalhos encontrados na literatura sobre o tema, mostrando que a necessidade de um maior estudo sobre o tema é urgente devido ao crescente aumento no uso desse tipo de embalagem.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulopt_BR
dc.rightsAcesso abertopt_BR
dc.subjectPoli(Tereftalato de Etileno)pt_BR
dc.subjectPETpt_BR
dc.subjectReciclagem Químicapt_BR
dc.subjectEmbalagens multicamadaspt_BR
dc.titleEstudo da reciclabilidade do PET oriundo das embalagens multicamadaspt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de curso de graduaçãopt_BR
unifesp.campusInstituto de Ciência e Tecnologia (ICT)pt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/4529102387970131pt_BR
unifesp.graduacaoEngenharia de Materiaispt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record