Modos de emergir: Edinízio Ribeiro Primo e o resgate de um artista visual negro no contexto da Tropicália e além

Imagem de Miniatura
Data
2022-08-23
Autores
Santos, Glaucio de Souza.
Orientadores
Tipo
Relatório
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
O presente relatório é resultado da pesquisa de Iniciação Científica intitulada “Modos de Emergir: Edinízio Ribeiro Primo e o resgate de um artista visual negro no contexto da Tropicália e além.” e desenvolvida na graduação em História da Arte pela Universidade Federal de São Paulo,de forma voluntária. A IC foi realizada sob orientação do professor Jens Baumgarten. O objetivo principal do projeto é analisar a trajetória artística do baiano Edinízio Ribeiro Primo e a relação entre questões de raça, arte e o movimento Tropicalista. Além disso, procuramos tratar da presença/ausência de artistas negros nos espaços institucionalizados, principalmente na cidade de São Paulo, onde se concentra os principais museus e espaços culturais do país. Para isso, tivemos como base teórica estudos sobre arte, decolonialidade, questões de raça e a Tropicália. Portanto, este trabalho visa apresentar os objetivos, fundamentação teórica e autores utilizados na pesquisa, a metodologia utilizada, os resultados obtidos, as conclusões e possibilidades de continuação da pesquisa.
Descrição
Relatório Final de Iniciação Científica Voluntária desenvolvida na Graduação em História da Arte da Universidade Federal de São Paulo referente às atividades realizadas entre dezembro de 2020 a dezembro de 2021. Orientador: Prof.ª Dr. Jens Baumgarten.
Citação
SANTOS, Glaucio de Souza. Relatório Final de Iniciação Científica Voluntária: Modos de emergir: Edinízio Ribeiro Primo e o resgate de um artista visual negro no contexto da Tropicália e além. / Glaucio de Souza Santos. – 2022. – 94 f. Trabalho de conclusão de curso (Bacharelado em História da Arte). – Guarulhos: Universidade Federal de São Paulo. Escola de Filosofia, Letras e Humanas.