Modos de emergir: Edinízio Ribeiro Primo e o resgate de um artista visual negro no contexto da Tropicália e além

Imagem de Miniatura
Data
2022-07-19
Autores
Santos, Glaucio de Souza [UNIFESP]
Orientadores
Baumgarten, Jens Michael [UNIFESP]
Tipo
Trabalho de conclusão de curso de graduação
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Este trabalho tem como objetivo, analisar a obra disponível de Edinízio Ribeiro Primo e sua trajetória artística, para que se comece a incluí-lo, de modo definitivo, nas pesquisas sobre a história da arte produzida por artistas negros no Brasil, evitando, assim, o seu apagamento. Para isso, foi necessária a investigação sobre o apagamento de artistas negros na história da arte no país, suas causas e consequências, além de apresentar a trajetória artística e biográfica de Edinízio Ribeiro Primo, para que se possa determinar sua relevância nos escritos sobre história. Ainda assim, há muitas lacunas que precisam ser preenchidas, constadas a partir da realização deste trabalho investigativo. Este mapeamento de sua obra, tem como função principal, uma maior visibilidade para a sua curta carreira. A partir da Tropicália e passando pelas questões raciais, foi necessário entender que ainda há muita pesquisa a ser feita, pois há muitas incorreções envolvendo seu nome. As buscas virtuais formaram o corpo inicial da pesquisa pois, a partir delas, se pode entender quais questões precisam ser revistas, para que se direcionem ações de resgate de seu trabalho. Há, nesse sentido, alguns trabalhos sendo desenvolvidos para que os artistas negros sejam reintroduzidos na historiografia oficial, mas elas ainda estão em construção. Desse modo, podemos revisar essas perspectivas sociais acerca da obra de artistas negros a partir do estudo de caso do artista baiano; bem como tentar responder perguntas que ficaram abertas ao longo do processo, através da continuidade do seu legado e que enfim podem ser revistas, a partir dos debates acerca da decolonialidade nos espaços institucionais.
This work aims to analyze the available work of Edinízio Ribeiro Primo and his artistic trajectory, so that he can begin to be definitively included in research on the history of art produced by black artists in Brazil, thus avoiding the its erasure. For this, it was necessary to investigate the erasure of black artists in the history of art in the country, its causes and consequences, in addition to presenting the artistic and biographical trajectory of Edinízio Ribeiro Primo, so that its relevance in writings about history can be determined. Even so, many gaps need to be filled, established from the accomplishment of this investigative work. This mapping of his work has as its main function, greater visibility for his short career. Starting from Tropicália and going through racial issues, it was necessary to understand that there is still a lot of research to be done, as there are many inaccuracies involving its name. The virtual searches formed the initial body of the research because, from them, we were able to understand which issues need to be reviewed, so that actions to rescue their work are directed. In this sense, there are some works being developed for black artists to be reintroduced into official historiography, but they are still under construction. In this way, we can review these social perspectives about the work of black artists from the case study of the Bahian artist, as well as try to answer questions that were left open throughout the process, through the continuity of his legacy and that can finally be reviewed., from the debates about decoloniality in institutional spaces.
Descrição
Citação
SANTOS, Glaucio de Souza. Modos de emergir: Edinízio Ribeiro Primo e o resgate de um artista visual negro no contexto da Tropicália e além. / Glaucio de Souza Santos. – 2022. – 94 f. Trabalho de conclusão de curso (Bacharelado em História da Arte). – Guarulhos: Universidade Federal de São Paulo. Escola de Filosofia, Letras e Humanas.