O alinhamento de cabeça e pescoço de crianças com paralisia cerebral e deficiência visual cortical na posição sentada

Imagem de Miniatura
Data
2022-07-22
Autores
Chagas, Amanda Sarah Lopes [UNIFESP]
Orientadores
Carvalho, Raquel de Paula [UNIFESP]
Tipo
Trabalho de conclusão de curso de graduação
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
A paralisia cerebral (PC) é uma desordem causada por lesão ao cérebro imaturo, que gera disfunções motoras à criança, que podem vir acompanhadas de desordens cognitivas, afetivas e visuais, como a Deficiência Visual Cortical (DVC). A baixa resposta visual advinda do cérebro afeta um dos sistemas que compõem o controle postural. Pouco se conhece sobre como as crianças com PC e DVC utilizam a visão residual para manutenção e equilíbrio na postura sentada e como a baixa resposta visual pode influenciar no controle de cabeça destas crianças. Objetivo: Verificar a relação entre o controle de cabeça e pescoço e a funcionalidade visual de crianças com PC e DVC na posição sentada. Método: Este é um estudo clínico, transversal e prospectivo. Foram incluídas 7 crianças com PC e DVC, na faixa etária entre 2 e 10 anos, classificadas nos níveis IV e V do GMFCS (Sistema de Classificação da Função Motora Grossa). A avaliação consistiu de: Anamnese e aplicação da SATCo-Br (Versão Brasileira da Segmental Assessment of Trunk Control) com estímulo visual baseado nas respostas da Avaliação da Visão Funcional baseada na CVI Range. Realizou-se a análise cinemática 2D no plano sagital para verificar o alinhamento de cabeça e pescoço. Resultados: Não houve correlação entre o escore da SATCo-Br e o nível do VFCS (r=0,068; p=0,884). Conclusão: Facilitar o uso funcional da visão não alterou o alinhamento e nível funcional do controle de cabeça em crianças com PC e DVC associada.
Introduction: Cerebral Palsy (CP) is a disorder caused by injury to the immature brain, which generates motor dysfunctions in the child that may be accompanied by cognitive, affective, and visual disorders, such as Cortical Visual Impairment (CVI). The low visual response coming from the brain affects one of the systems that make up postural control. Little is known about how children with CP and CVI use vision to maintain balance in the sitting posture and how visual impairment may influence head control in these children. Objective: To verify the relationship between head and neck control and visual functioning in children with CP and CVI in the sitting position. Method: This is a clinical, cross-sectional, prospective study. Seven children with CP and CVI, aged 2 to 10 years, classified in levels IV and V of the GMFCS (Gross Motor Function Classification System) were included. The evaluation consisted of: Anamnesis and application of SATCo-Br (Brazilian Version of Segmental Assessment of Trunk Control) with visual stimulus based on the responses of the Functional Vision Assessment based on the CVI Range. 2D kinematic analysis was performed in the sagittal plane to verify head and neck alignment. Results: There was no correlation between SATCo-Br score and VFCS level (r=0.068; p=0.884) Conclusion: Facilitating the functional use of vision did not change the alignment and functional level of head control in children with CP and associated CVI
Descrição
Citação
CHAGAS, Amanda Sarah Lopes. O alinhamento de cabeça e pescoço de crianças com paralisia cerebral e deficiência visual cortical na posição sentada. 2022. 64 f. Trabalho de conclusão de curso (Graduação em Fisioterapia) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2022.
Coleções