Show simple item record

dc.contributor.advisorYamauchi, Liria Yuri [UNIFESP]
dc.contributor.authorRibeiro, Natália de Souza [UNIFESP]
dc.coverage.spatialISSpt_BR
dc.date.accessioned2022-08-05T21:19:06Z
dc.date.available2022-08-05T21:19:06Z
dc.date.issued2022-07-18
dc.identifier.citationRIBEIRO, Natália de Souza. Fisioterapia em pacientes adultos em estado crítico internados com Covid-19: revisão integrativa. 2022. 50 f. Trabalho de conclusão de curso (Graduação em Fisioterapia) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2022.pt
dc.identifier.urihttps://repositorio.unifesp.br/xmlui/handle/11600/65099
dc.description.abstractA pandemia de COVID-19 afetou a vida de milhares de pessoas, principalmente pela sua alta taxa de mortalidade e sequelas. Dados da literatura evidenciam que entre os pacientes internados em unidade de terapia intensiva, a maioria foi devido à insuficiência respiratória hipoxêmica, logo, a atuação do fisioterapeuta intensivista vem mostrando-se fundamental na reabilitação desses pacientes. O objetivo deste estudo foi avaliar e descrever as principais condutas e efeitos da fisioterapia em pacientes adultos infectados com COVID-19 sob cuidados intensivos. Para isto, utilizou-se a revisão integrativa da literatura incluindo estudos que relataram intervenções fisioterapêuticas em pacientes adultos sob cuidado intensivo, disponíveis eletronicamente de janeiro de 2019 a junho de 2021. Após a formulação da pergunta norteadora, cruzaram-se os descritores: “COVID-19”, “Unidade de Terapia Intensiva” e “Fisioterapia”. Utilizou-se as bases de dados Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), PUBMED, EMBASE e Physiotherapy Evidence Database (PEDro). Resultados: Foram encontrados 698 artigos e após os processos de seleção e análise, 38 foram incluídos nesta revisão. Os artigos analisados possuem características observacionais, narrativas, revisionais e experimentais. As condutas fisioterapêuticas mais citadas foram relacionadas aos exercícios passivos e ativos (n=23), transferência e mudanças de posição (n=17), exercícios respiratórios (n=14), técnicas de remoção de secreção (n=13), ventilação mecânica invasiva (n=9) e técnicas de expansão pulmonar (n=9). Sendo assim, conclui-se que os resultados reforçam a importância da atuação do fisioterapeuta, principalmente em pacientes submetidos à internação e intubação pela COVID-19. Novos estudos serão necessários para avaliar o impacto da fisioterapia, tanto intra-hospitalar quanto após a alta hospitalar, na recuperação da qualidade de vida e da funcionalidade dessa população.pt_BR
dc.description.abstractThe COVID-19 pandemic has affected the lives of thousands of people, mainly due to its high mortality rate and sequelae. Literature data show that among the patients admitted to the intensive care unit, most were due to hypoxemic respiratory failure, therefore the role of intensive physical therapy has proved to be fundamental for the rehabilitation of these patients. The aim of this study was to evaluate and describe the main conduct and effects of physical therapy in adult patients infected with COVID-19 under intensive care. For this, we used an integrative literature review which included studies available electronically from January 2019 to June 2021 that reported physical therapy interventions in adult patients under intensive care. After formulating the guiding question, the following descriptors were crossed: “COVID-19”, “Intensive Care Unit” and “Physical Therapy”. The databases used were Virtual Health Library, PUBMED, EMBASE and PEDro. Results: 698 articles were found and after the selection and analysis process, a total of 38 made up this review. The analyzed articles have observational, narrative, revisional and experimental characteristics. The most cited physiotherapeutic conducts were related to passive and active exercises (n=23), transfer exercises and position changes (n=17), breathing exercises (n=14), secretion removal techniques (n=13), invasive mechanical ventilation (n=9) and lung expansion techniques (n=9). Therefore, the results reinforce the importance of the role of the physiotherapy professional, especially those submitted to hospitalization and intubation due to COVID-19. Further studies will be needed to assess the impact of physical therapy both in-hospital and after hospital discharge in the recovery of quality of life and functionality in this population.en
dc.format.extent50 f.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulopt_BR
dc.rightsAcesso abertopt_BR
dc.subjectCOVID-19pt_BR
dc.subjectFisioterapiapt_BR
dc.subjectUnidade de Terapia Intensivapt_BR
dc.subjectCOVID-19en
dc.subjectPhysiotherapyen
dc.subjectIntensive Care Uniten
dc.titleFisioterapia em pacientes adultos em estado crítico internados com Covid-19: revisão integrativapt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de curso de graduaçãopt_BR
dc.contributor.institutionUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
unifesp.campusInstituto de Saúde e Sociedade (ISS)pt_BR
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/0179922466445494pt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/3898949209852523pt_BR
dc.contributor.advisor-coOliveira, Daianny Seoni de [UNIFESP]
dc.contributor.advisor-coLatteshttp://lattes.cnpq.br/4811679938448350pt_BR
unifesp.graduacaoFisioterapiapt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record