Produção de microfibras do pigmento natural azul C-ficocianina utilizando a técnica de electrospinning

Imagem de Miniatura
Data
2022-07-26
Autores
Araujo, Beatriz Souza Abreu [UNIFESP]
Orientadores
Braga, Anna Rafaela Cavalcante [UNIFESP]
Tipo
Trabalho de conclusão de curso de graduação
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
A procura e o desejo por uma alimentação saudável e equilibrada tem se mostrado uma tendência crescente nas últimas décadas. Nesse sentido, se faz necessário que o campo de tecnologia e inovação em alimentos acompanhe essa demanda através do desenvolvimento de estudos e pesquisas que explorem as potencialidades dos alimentos e descubram novas aplicações para eles, objetivando o aperfeiçoamento de técnicas de baixo custo, viáveis e que valorizem a aplicação de compostos naturais como substitutos dos conhecidos aditivos alimentares. Os recursos naturais e a biodiversidade, como microalgas e cianobactérias, surgem como fontes de compostos de interesse para além de seu valor nutricional. Um exemplo é a cianobactéria Spirulina, rica em ficobiliproteínas e outros pigmentos fotossintéticos como a C-ficocianina (C-FC), pigmento natural de cor azul intensa. Esse composto apresenta diversas propriedades benéficas para a saúde humana relacionadas ao seu consumo frequente, dentre as quais, se destacam sua atividade antioxidante, anti-inflamatória, antibacteriana e hepatoprotetora. No entanto, as ficobiliproteínas são sensíveis à condições extremas de temperatura e pH. Como uma alternativa para estabilizar esse pigmento, o uso da nanotecnologia é uma opção, uma vez que o polímero ou agentes estabilizantes aplicados na produção das nanoestruturas atuam protegendo as estruturas dos compostos bioativos, prevenindo a perda de cor e atividade biológica ao longo da vida útil do produto em alimentos adicionados desse ingrediente. O objetivo do presente trabalho é a produção de nanoestruturas contendo C-FC, utilizando o óxido de polietileno (PEO) como polímero, através da técnica de electrospinning, no intuito de buscar respostas inovadoras com relação à aplicação de pigmentos naturais como substitutos de aditivos sintéticos em alimentos. Os principais resultados obtidos indicam a preservação da cor do pigmento nos filmes produzidos e nas duas condições avaliadas, a primeira composta por 7,7% de PEO, 0,36% de NaCl e 20% de C-FC a segunda por e 6% de PEO e 1% de NaCl, mantendo-se constante a proporção de C-FC em 20%, foram obtidas microfibras de C-FC associadas ao PEO quando aplicados os mesmos parâmetros e concentrações de polímero já estudados por outros autores.
Descrição
Citação
ARAUJO, Beatriz Souza Abreu. Produção de microfibras do pigmento natural azul C-ficocianina utilizando a técnica de electrospinning. 2022. 26 f. Trabalho de conclusão de curso (Graduação em Nutrição) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2022.
Coleções