Show simple item record

dc.contributor.advisorAtique, Fernando
dc.contributor.authorMoraes, Luis Fernando Simões
dc.date.accessioned2022-08-02T16:49:12Z
dc.date.available2022-08-02T16:49:12Z
dc.date.issued2022-05-27
dc.identifier.urihttps://repositorio.unifesp.br/xmlui/handle/11600/65014
dc.description.abstractA trajetória do imigrante prussiano Victor Nothmann (1841–1905) possui profundas relações com a história da imigração alemã paulistana e a urbanização da cidade. De origem judaica, imigrou para o Brasil durante a juventude, onde posteriormente se converteu ao cristianismo protestante e naturalizou-se cidadão brasileiro. Iniciou a vida profissional no novo país trabalhando como atacadista de fazendas secas e, progressivamente, foi se envolvendo em negócios relacionados a loteamentos de terras e empresas vinculadas à infraestrutura urbana. Neste percurso, percebemos que Nothmann foi um agente histórico que soube usar a seu favor os ganhos políticos e simbólicos adquiridos dentro das redes em que transitou, desde seus contatos inseridos na colônia alemã, onde foi bastante ativo, até as associações com membros da elite paulistana. No imaginário paulistano é mais conhecido por participar do loteamento do bairro Campos Elíseos, onde existe uma via com seu nome, mas nossa pesquisa buscou trazer visibilidade também à sua participação na urbanização da cidade como um todo. Como resultado, percebemos que sua atuação encontrava-se espalhada em inúmeros loteamentos da cidade, sendo vários destes localizados em áreas anteriormente desvalorizadas, como as várzeas de cursos d’água que margeavam a colina central do núcleo urbano, ou arrabaldes mais além, majoritariamente próximos aos leitos das ferrovias. Com o intuito de beneficiar os terrenos para depois fazer dinheiro com as vendas, muitos de seus empreendimentos induziram a valorização de vários arrabaldes da capital paulista. Em seus negócios, aliou-se não somente a outros investidores estrangeiros, como Frederico Glette e a família Burchard, mas também a oligarcas paulistanos, sendo que vários destes revezavam-se em cargos públicos governamentais enquanto negociavam com Nothmann áreas da Pauliceia. Diante de tal conjuntura, entendemos que o olhar historiográfico sobre Victor Nothmann nos fornece importantes subsídios para a compreensão sobre a história urbana de São Paulo entre a segunda metade do século XIX e a virada para o século XX, quando, então, falece em viagem pelo Atlântico, rumo à Europa.pt_BR
dc.description.sponsorshipNão recebi financiamentopt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulopt_BR
dc.rightsAcesso abertopt_BR
dc.subjectHistóriapt_BR
dc.subjectImigraçãopt_BR
dc.subjectUrbanizaçãopt_BR
dc.subjectSão Paulopt_BR
dc.subjectCidadept_BR
dc.titleNegociações na Pauliceia: Victor Nothmann e a urbanização paulistana (1841-1905)pt_BR
dc.title.alternativeNegociations in Pauliceia: Victor Nothmann and the urbanization of São Paulo 1841-1905pt_BR
dc.typeDissertação de mestradopt_BR
unifesp.campusEscola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (EFLCH)pt_BR
unifesp.graduateProgramHistóriapt_BR
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/4538946534282825pt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/8425420305118490pt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record