Trabalho na economia do crime: juventude e tráfico de drogas no Estado de São Paulo (2017 - 2021)

Imagem de Miniatura
Data
2022-07-26
Autores
Almeida, Amilton Felipe Santos Borges de [UNIFESP]
Orientadores
Matsuda, Fernanda Emy [UNIFESP]
Tipo
Trabalho de conclusão de curso de graduação
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Este trabalho procura refletir sobre a inserção de jovens adolescentes na Economia do Crime, a partir do tráfico de drogas, entre os anos de 2017 e 2021, em São Paulo. Além de buscar na Teoria Econômica aportes para a compreensão das principais razões para o ingresso, busca-se, também, entender por que o trabalho no tráfico de drogas se configura como uma das piores formas de trabalho infantil. O trabalho está estruturado da seguinte forma: inicialmente, apresenta-se a contextualização da Teoria Econômica do Crime e apontam-se as principais contribuições de Gary Becker, seu maior expoente. Em seguida, são apresentados dados sobre o mercado de drogas ilícitas, nos âmbitos nacional e mundial, de modo a destacar a magnitude desse comércio e os desafios colocados para seu enfrentamento, além de trazer um breve histórico desse mercado. Por fim, trazemos dados sobre os “operários da firma”, retratos do trabalho infantil no mundo do crime, e problematizamos os impactos que essa prática tem para a economia do país. Tratamos dos desdobramentos do narcotráfico nos planos social e econômico e procuramos identificar de que maneira o desenvolvimento do país é influenciado por essa prática, evidenciando, principalmente nas vidas de moradores de grandes cidades como São Paulo, a grande diversidade de externalidades que o comércio ilegal de drogas promove. A pesquisa explora a temática da Economia do Crime, com foco nos efeitos para a juventude, especialmente em relação às parcelas mais marginalizadas da sociedade, alvos preferenciais do recrutamento para o trabalho no tráfico de drogas. Para tanto, utilizar-se-ão o referencial teórico e as contribuições das diversas disciplinas que se voltam para o estudo das relações entre tráfico de drogas e juventude, bem como dados secundários a respeito de adolescentes submetidos a medidas socioeducativas pelo cometimento de ato infracional equiparado ao tráfico de drogas no Estado de São Paulo, disponibilizados nos boletins de imprensa no site da Fundação Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente (CASA).
This research seeks to reflect on the insertion of young adolescents in the Economy of Crime, from drug trafficking, between the years 2017 and 2021, in São Paulo. In addition to seeking contributions from Economic Theory to understand the main reasons for joining, we also seek to understand why work in drug trafficking is one of the worst forms of child labor. The work is structured as follows: initially, it presents the contextualization of the Economic Theory of Crime and points out the main contributions of Gary Becker, its greatest exponent. Then, data on the illicit drug market are presented, at the national and global levels, in order to highlight the magnitude of this trade and the challenges posed to face it, in addition to providing a brief history of this market. Finally, we bring data on the "firm workers", portraits of child labor in the world of crime, and we discuss the impacts that this practice has on the country's economy. We deal with the social and economic developments of drug trafficking and seek to identify how the country's development is influenced by this practice, evidencing, especially in the lives of residents of large cities such as São Paulo, the great diversity of externalities that the illegal trade in drugs promotes. The research explores the theme of the Economy of Crime, focusing on the effects on youth, especially in relation to the most marginalized sections of society, preferential targets for recruitment to work in the drug trade. In order to do so, the theoretical framework and the contributions of the various disciplines that focus on the study of the relationship between drug trafficking and youth will be used, as well as secondary data about adolescents subjected to socio-educational measures for committing a similar infraction. to drug trafficking in the State of São Paulo, available in press releases on the Fundação Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente (CASA) website.
Descrição
Citação
ALMEIDA, Amilton Felipe Santos Borges de. Trabalho na economia do crime: juventude e tráfico de drogas no Estado de São Paulo (2017-2021). 2022. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Ciências Econômicas) - Universidade Federal de São Paulo, Escola Paulista de Política, Economia e Negócios, Osasco, 2022.