Os italianos em salto: associativismo, política e nacionalismo entre 1922 e 1942

Imagem de Miniatura
Data
2020-02-28
Autores
Santos, Otavio Gentil Dos [UNIFESP]
Orientadores
Biondi, Luigi [UNIFESP]
Tipo
Dissertação de mestrado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
This essay proposes an analysis of identity transformations of the Italian immigrants and their offspring in the city of Salto in the state of Sao Paulo, Brazil from 1922 to 1942 (the fascist era) due to their change of politics of interests about immigrants living outside Italy in response to fascist ambitions for identity transformation. It seeks to understand how the structures created previously and later by immigrants and their offspring in this city also supported by the local Italian industry and the relationship with the receiving society works directly or indirectly for these fascist objectives. It also seeks to talk about questions like how the territoriality of these groups works like a speech template of the historical discourses and the construction city's historicity about this era and the echoes of this performed until today. The methodology included the analysis of journalistic material, primary sources and material written by memorialists, in addition to a bibliography on the subject.
O presente trabalho tem como proposta uma análise sobre questões de construção e transformação de identidade em imigrantes italianos e descendentes na cidade de Salto – SP durante o período fascista devido à sua transformação nos interesses quanto aos imigrantes vivendo fora da Itália em resposta aos anseios fascistas de transformação da identidade. Busca para isso o entendimento de como as estruturas previamente e posteriormente criadas pelos imigrantes e descendentes, o apoio da indústria local e a relação de imigrantes, descendentes e a sociedade receptora atuaram diretamente ou indiretamente para este empreite. Também procura discutir questões de como a territorialidade destes grupos emoldurou os discursos históricos e a construção da historicidade da cidade acerca da presença imigrante e os ecos dessa atuação na atualidade. A metodologia incluiu a análise de material jornalístico, fontes primárias e material escrito por memorialistas, além de aporte em bibliografia sobre o tema.
Descrição
Citação
Coleções