Protocolo para avaliação do tromboembolismo pulmonar por tomografia computadorizada sincronizada com ECG

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2020-04-30
Autores
Domingues, Antonio Donizeti [UNIFESP]
Orientadores
Szarf, Gilberto [UNIFESP]
Tipo
Dissertação de mestrado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Objective: Evaluate whether there is a difference in the degree of pulmonar arterial opacification in the comparison between pulmonar angiotomographies performed in the usual way (without ECG coupling), versus those performed with synchronization of image acquisition with ECG. Also assess whether there is a significant increase in the patient’s exposure to ionizing radiation in the comparison between acquisitions without and with ECG coupling. Methods: 48 patients of both sexes and aged between 18 and 75 years, from de specialty outpatient clinic of the Federal University of São Paulo, São Paulo School of Medicine, were evaluated, for whom chest angiotomography was already clinically indicated. The study was carried out in a randomized manner, with regard to the coupling or not of the ECG. Patients with severe allergy to iodinated contrast, with renal failure (creatinine clearance below 50mg/dl), with a history of previous pulmonary artery manipulation (surgical or endovascular) and pregnant women were excluded. The contrast used was non- ionic iodine, 370 mg/ml. The Phillips Brilliance 64-channel computed tomography equipment was used for this study. Exam evaluations were performed by two radiologists, who assessed anatomical and quality criteria related to the contrast in the pulmonary arteries. All studies were carried out after patients signed the free and informed consent form. Results: Pulmonary circulation and right ventricular function could be evaluated in all cases in which electrocardiographic coupling was used for image acquisition. It was possible to evaluate the other pulmonary and thoracic parenchymal changes in these studies. The maintenance of image quality was confirmed in the assessment of the density of the pulmonary arteries. There was an increase in the radiation dose, estimated by up to 28% when the protocol with cardiac synchronization was used. Conclusions: The computed tomography protocol for the evaluation of pulmonary thromboembolism synchronized with electrocardiogram allows to assess the presence of thrombus in the pulmonary arterial circulation, allows the assessment of right ventricular function and maintains the quality and diagnostic capacity of the traditional angiotomography technique. However, it is associated with increased exposure to ionizing radiation.
Objetivo: Avaliar se existe diferença no grau de opacificação arterial pulmonar na comparação entre angiotomografias pulmonares realizadas da forma habitual (sem acoplamento do ECG), versus as realizadas com sincronização da aquisição das imagens com o ECG. Avaliar ainda, se existe aumento significativo da exposição do paciente à radiação ionizante na comparação entre as aquisições sem e com o acoplamento do ECG. Métodos: Foram avaliados 48 pacientes de ambos os sexos e com idade entre 18 e 75 anos, do ambulatório de especialidade da Universidade federal de São Paulo, Escola paulista de medicina, para os quais já estava indicada clinicamente a angiotomografia de tórax. O estudo foi efetuado de forma randomizada, no que se refere ao acoplamento ou não do ECG. Foram excluídos pacientes com alergia grave ao contraste iodado, com insuficiência renal (clearance de creatinina abaixo de 50mg/dl), com antecedente de manipulação prévia de artéria pulmonar (cirúrgica ou endovascular) e as gestantes. O contraste utilizado foi iodado não iônico, de 370 mg/ml. O equipamento de tomografia computadorizada, modelo Phillips Brilliance 64 canais, foi usado para esse estudo. As avaliações dos exames foram realizadas por dois médicos radiologistas, que avaliaram critérios anatômicos e de qualidade relacionados ao contraste nas artérias pulmonares. Todos os estudos foram realizados após assinatura do consentimento livre e esclarecido pelos pacientes. Resultados: a circulação pulmonar e a função ventricular direita puderam ser avaliadas em todos os casos em que foi utilizado acoplamento eletrocardiográfico para a aquisição de imagens. Foi possível avaliar as outras alterações parenquimatosas pulmonares e torácicas nestes estudos. A manutenção da qualidade da imagem foi confirmada na avaliação da densidade das artérias pulmonares. Houve um aumento da dose de radiação, estimado em até 28% quando o protocolo com sincronização cardíaca foi utilizado. Conclusões: O protocolo de tomografia computadorizada para avaliação do tromboembolismo pulmonar sincronizado com eletrocardiograma permite avaliar a presença de trombo na circulação arterial pulmonar, possibilita a avaliação da função do ventrículo direito e mantém a qualidade e capacidade de diagnóstico da técnica de angiotomografia tradicional. Associa-se, no entanto, a aumento da exposição à radiação ionizante.
Descrição
Citação