Perfil populacional de pacientes com distúrbios da comunicação humana decorrentes de lesão cerebral, assistidos em hospital terciário

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2011-04-01
Autores
Talarico, Thais Rodrigues
Venegas, Mayra Jacuviske
Ortiz, Karin Zazo [UNIFESP]
Orientadores
Tipo
Artigo
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
PURPOSE: to characterize the population of patients with neurological lesion with communication disorders, assisted by a Tertiary Hospital. Specific objectives0 to check the prevalence of each type of speech and / or language disorder, neurological etiologies and the origin of the referrals for the total of the patients. METHOD: we analyzed all medical records of seen patients in the past 5 years (2002 to 2006) from the outpatient clinic of Acquired Neurological Disorders - Department of Speech Pathology and Audiology (UNIFESP) through a retrospective study. RESULT: the study showed 244 cases in the period from 2002 to 2006. As for the characterization of the sample, the following data were found, namely: for gender, 56% were men; 44.3% aged from 41 to 64 years; for schooling, 39.8% of the patients had 1 to 4 year schooling; for the referrals 35.7% were from the Neurology outpatient clinic of UNIFESP; for the injury etiology 69.3% were diagnosed with stroke. Aphasia and dysartrhias were the most common disorders. CONCLUSION: the stroke and traumatic brain injury stood out as the etiology that most attached the patients; In relation to the overall number of evaluated cases, it was found that 50% of the group have had rehabilitation program and the majority of the patients were referred from the service of Neurology, Hospital São Paulo - UNIFESP.
OBJETIVO: caracterizar a população de pacientes com lesão neurológica, queixa e presença de distúrbio da comunicação, assistidos num Hospital Terciário. Os objetivos específicos foram: verificar a prevalência de cada tipo de transtorno de fala e/ou de linguagem, da etiologia neurológica e a origem dos encaminhamentos em relação ao total de pacientes. MÉTODO: Trata-se de um estudo retrospectivo, em que foram analisados todos os prontuários dos pacientes atendidos em 5 anos (2002 a 2006), no Núcleo de Investigação e Intervenção Fonoaudiológica em Neuropsicolingüística do Departamento de Fonoaudiologia da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP),. RESULTADOS: o estudo revelou 244 casos atendidos entre 2002 e 2006. Quanto à caracterização da amostra encontramos: quanto ao sexo, 56% eram homens; quanto à idade, 44,3% encontraram-se entre 41- 64 anos; quanto à escolaridade, 39,8% dos pacientes apresentaram 1 a 4 anos de escolaridade; quanto aos encaminhamentos para o atendimento no setor 35,7% eram procedentes do ambulatório de Neurologia da UNIFESP; quanto à etiologia da lesão, 69,3% foram diagnosticados com Acidente Vascular Cerebral (AVC). Sobre o diagnóstico fonoaudiológico, 56,1% foram diagnosticados com Afasia em relação à linguagem e 33% com Disartria em relação à fala. CONCLUSÃO: a afasia foi o transtorno de linguagem mais prevalente; o mesmo ocorreu com a disartria em relação à fala; o AVC foi a etiologia neurológica predominante; em relação ao número geral de casos avaliado verificou-se que 50% do grupo atendido estavam em programas de reabilitação; a maioria dos pacientes foram encaminhados pelo serviço de Neurologia do Hospital São Paulo - UNIFESP.
Descrição
Citação
Revista CEFAC. CEFAC Saúde e Educação, v. 13, n. 2, p. 330-339, 2011.
Coleções