Influência de parque tecnológico na cultura da inovação: uma análise com empresas de base tecnológica de São José dos Campos

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2020-05-19
Autores
Mussio, Ana Carolina [UNIFESP]
Orientadores
Joao, Iraci De Souza [UNIFESP]
Tipo
Dissertação de mestrado profissional
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Innovation is a key business aspect for business sustainability. In this sense, developing an organizational culture for innovation can be a strategy for companies seeking to provide and encourage the development of innovation and thus create competitive advantage. With the purpose of evolving this synergy for innovation development, many companies, institutes and research centers are located on technological parks. The purpose of this research is to evaluate the culture of innovation in companies that work on technological parks and outside of them, in a way to highlight the influence of this ecosystem in the maturity levels of culture innovation. It was raised from a systematic review, eight components that integrate innovation culture, as well as an instrument with Likert scale – degree of agreement – that could be used in data collection. The questionnaire was adapted to the Brazilian population, validated by specialists and it was applied in a technology-based firm (TBF) to check the reliability. Then it was applied into two businesses groups in the city of São José dos Campos, São Paulo. A total of 139 answered questionnaires were collected, 57 of which were collaborators and managers of TBF from within the park and 82 from outside the ecosystem. Based on the results of the research, from the respondent’s perception of the practices of innovation culture, it was possible to conclude that the ecosystem of technological park can positively influence in the innovation culture of companies residents in the components Strategy, Orientation to the organization, Communication and collaboration, Leadership, Behavior of the organization, Support mechanisms. However, the eighth component, Creativity in problem solving, presented results below compared to the group outside the ecosystem. In general, what can be concluded is that the context in which the company is inserted, which in this case is the technological park of São José dos Campos, can benefit the organizational culture of innovation due to its proximity to other companies, opportunities of contact and information exchange and because of the support services and development activities that technological parks usually promote. In addition to the results, the research helps to highlight the main aspects in which technology-based firms can work on in order to increase their capacity of innovation, transforming this capacity into performance by fostering organizational culture.
A inovação é um aspecto empresarial determinante para a sustentabilidade nos negócios. Neste sentido, desenvolver uma cultura organizacional para a inovação pode ser uma estratégia para as empresas que buscam propiciar e incentivar o desenvolvimento de inovações e, assim, criar vantagem competitiva. Com o propósito de desenvolver esta sinergia para o desenvolvimento de inovação, muitas empresas, institutos e centros de pesquisas se concentram em parques tecnológicos. O objetivo desta pesquisa foi de avaliar a cultura da inovação nas empresas que atuam em parque tecnológico e das empresas fora dele, de maneira a evidenciar a influência desse ecossistema nos níveis de maturidade de cultura da inovação. Levantou-se a partir da uma revisão sistemática, oito componentes que integram a cultura de inovação, bem como um instrumento com questões em escala Likert que pudesse ser utilizado no levantamento de dados. O questionário foi adaptado para a população brasileira, validado por especialistas e aplicado numa empresa de base tecnológica (EBT) para o estudo de confiabilidade. Realizou-se a aplicação em dois grupos empresariais na cidade de São José dos Campos - SP. No total foram obtidos 139 questionários respondidos, sendo 57 participantes colaboradores e gestores de EBT de dentro do parque e 82 de fora do ecossistema. Com base nos resultados da pesquisa, a partir da percepção dos respondentes frente às práticas da cultura de inovação, foi possível concluir que o ecossistema de parque tecnológico parece influenciar positivamente na cultura de inovação das empresas residentes nos componentes Estratégia, Orientação para a organização, Estrutura organizacional, Comunicação e colaboração, Liderança, Comportamento da organização, Mecanismos de apoio. No entanto, o oitavo componente, Criatividade na resolução de problemas, apresentou resultados aquém comparativamente ao grupo de fora do ecossistema. De modo geral, o que se pode concluir é que o contexto em que a empresa está inserida, e neste caso é o Parque Tecnológico de São José dos Campos, pode beneficiar a cultura organizacional para a inovação pela sua proximidade com outras empresas, oportunidades de contato e troca de informações e pelos serviços e atividades de fomento que parques tecnológicos costumam promover. Além dos resultados, a pesquisa contribui para destacar os principais aspectos em que as empresas de base tecnológicas podem trabalhar para aumentar sua capacidade de inovação, transformando esta capacidade em desempenho por meio do fomento da cultura organizacional.
Descrição
Citação