Modelos lineares generalizados com distribuições de Poisson e binomial negativa para avaliar a relação entre poluentes atmosféricos e internações mensais por doenças respiratórias

Imagem de Miniatura
Data
2022-02-14
Autores
Pereira, Felipe do Divino [UNIFESP]
Orientadores
Oliveira, Luzia Pedroso de [UNIFESP]
Tipo
Trabalho de conclusão de curso de graduação
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
No presente trabalho, foram abordados os modelos lineares generalizados (MLGs), com distribuição de Poisson e binomial negativa. Foram utilizados dados mensais de alguns poluentes atmosféricos e número de internações mensais por doenças respiratórias, no período de 2016 a 2019, de crianças com até 4 anos de idade e de idosos com mais de 64 anos, residentes em São José dos Campos. Os dados utilizados possibilitaram exemplificar os conceitos abordados no referencial teórico e fomentar uma discussão com relação as etapas envolvidas no processo de ajuste desses modelos. Para considerar a sazonalidade com relação ao número de internações no período estudado incluiu-se, por ser significativa em cada um dos modelos ajustados, uma variável que classificou os meses em trimestres, buscando uma aproximação com relação as estações do ano. Para cada poluente obteve-se um modelo sem fortes violações com relação as suas suposições. Apenas em um dos casos a distribuição de Poisson mostrou-se mais apropriada comparada a distribuição binomial negativa. Verificou-se um efeito significativo do poluente CO no número de internações mensais de crianças com até 4 anos e dos poluentes CO, NO e NO_2 no número de internações mensais de idosos com mais de 64 anos. Também foi apresentado o passo a passo para obtenção dos dados do Sistema de Informações Hospitalares (SIH) do DATASUS (Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde) e uma análise gráfica dos valores diários dos poluentes com os respectivos limites estabelecidos pela Organização Mundial de Saúde.
Descrição
Citação