"As cruzadas vistas pelos árabes": uma análise das cruzadas a partir da obra homônima de Amim Maalouf

Imagem de Miniatura
Data
2022-02-18
Autores
Silva, Denisse Sandovetti Policarpo
Orientadores
Osman, Samira Adel
Tipo
Trabalho de conclusão de curso de graduação
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
As cruzadas foram batalhas militarizadas realizadas pelo Ocidente cristão com a justificativa de reconquistar a Terra Santa, Jerusalém, em eventos que se tornaram populares no imaginário do Ocidente. Porém, Jerusalém é uma cidade localizada no Oriente Médio e tem grande importância para outras religiões monoteístas além do Cristianismo, como o Islamismo e o Judaísmo. Jerusalém é considerada o terceiro lugar mais sagrado para o Islã, depois de Meca e Medina. Durante o processo de conquista de Jerusalém pelos cruzados, outras terras árabes foram invadidas e ocupadas. A pesquisa buscou entender outra perspectiva sobre os eventos que ocorreram entre 1096 até 1291; uma visão a partir dos povos que foram invadidos. Para isso, ela se baseia na análise do livro do escritor libanês Amin Maalouf, “As Cruzadas vistas pelos Árabes” (Les Croisades vues par les Arabes), publicada no ano de 1983, em francês.. O autor apresenta, ao longo do romance que mistura História e Literatura, os relatos de historiadores e cronistas contemporâneos aos eventos que ficaram conhecidos posteriormente como As Cruzadas na historiografia ocidental.
Descrição
Citação
Coleções