Show simple item record

dc.contributor.advisorSilva, Carlos Alexandre Moreira da [UNIFESP]
dc.contributor.authorSilva, Talita Cerqueira [UNIFESP]
dc.contributor.authorMaranhão, Vinicius Trindade [UNIFESP]
dc.coverage.spatialDiademapt_BR
dc.date.accessioned2022-03-03T17:59:09Z
dc.date.available2022-03-03T17:59:09Z
dc.date.issued2022-02-01
dc.identifier.urihttps://repositorio.unifesp.br/xmlui/handle/11600/63293
dc.description.abstractO leito de jorro surgiu como uma adaptação do leito fluidizado, mas diferente deste, a velocidade do ar gera um movimento ordenado e cíclico, que se assemelha ao de uma fonte de jardim. Tal operação unitária apresenta grande interesse por proporcionar uma intensa transferência de massa e calor, tornando-a altamente versátil, sendo muito empregada na indústria farmacêutica, de alimentos, química e agrícola. Infelizmente o leito de jorro apresenta dificuldades em sua operação em larga escala, devido aos problemas associados a determinação e controle de seus regimes fluidodinâmicos. Em função disso, este trabalho visou compreender e identificar os regimes fluidodinâmicos do leito de jorro, com base nos experimentos preliminares realizados por Butzge (2012) e utilizando-se processamento de sinais via a análise Wavelet. Existem diversas técnicas de processamento de sinais. A análise espectral transforma os sinais do domínio do tempo para o da frequência e a análise wavelet decompõe o sinal original em diversos sub-sinais, possibilitando assim o acesso a informações que não são facilmente observadas no sinal original por análise espectral. Foram realizadas análises sob os dados de flutuação de pressão em leito seco, com partículas de vidro que possuem diâmetros entre as faixas de 1,4 a 1,68mm e 2,4 a 2,6mm. Além disso, foram utilizadas no leito massas de 300 , 600 , 900 e 1200 g. A combinação entre os diâmetros das diferentes massas de leito geraram oito ensaios de flutuação de pressão que foram tratados inicialmente utilizando-se a análise espectral e posteriormente a análise wavelet. Os ensaios foram realizados aplicando-se uma variação de voltagem aos inversores que assim aumentavam a intensidade de vazão do gás, gerando diferentes sinais de pressão que foram utilizados neste trabalho. Notou-se alguns padrões de regime por análise espectral, sendo esta muito acertiva para a identificação dos leitos fixos e rompimento do jorro. No caso do regime de início do jorro, pequeno jorro, jorrinho e movimento circular, a melhor forma de identificação dos regimes foi a observação concomitante das duas análises. As instabilidades no jorro foi o único comportamento observado de forma nítida apenas na análise wavelet.pt_BR
dc.description.abstractThe spouted bed emerged as an adaptation of the fluidized bed, but different from that, the air velocity generates a movement that resembles that of a source. This unitary operation is a great interest for providing an intense transfer of mass and heat, making it highly versatile and can be used in the pharmaceutical, food, chemical and agricultural industries. Unfortunately, the spouted bed presents difficulties in large-scale operation due to the problems associated with determining and controlling its fluid dynamic regimes. With that in mind, this work aims to understand and identify the fluid dynamic regimes of the spouted bed, based on experiments carried out by Butzge (2012) and using Wavelet analysis. There are several signal processing techniques, highlighting the Spectral Analysis, which transforms signals from the time domain to the frequency domain, and the Wavelet Transform, which is a signal processing technique that decomposes the original signal into sub-signals, thus enabling access to information that is not easily observed in the original signal. The analysis was carried out under the pressure fluctuation data in a dry bed, with glass particles with diameters from 1.4 mm to 1.68 mm and 2.4 mm to 2.6 mm, in addition masses of 300 g, 600 g, 900 g and 1200 g were placed in the bed. The combination between the diameters of the different bed masses generated eight signal tests that were initially treated using Spectral Analysis and later with Wavelet Analysis. The tests were carried out by applying a voltage difference to the inverters that increased the intensity of gas pressure, generating signals that they were used in these cases. Some patterns were noticed when analyzing the graphs generated by both Spectral Analysis and Wavelet Analysis, the first being used to identify fixed beds and bed disruption. In the case of the beginning of the stream, small stream, small stream and circular movement, the best way to identify the regimes is a concomitant observation of the two analyses. The spouted instabilities are the only ones observed clearly only in the wavelet analysis.en
dc.format.extent80 f.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulopt_BR
dc.rightsAcesso restritopt_BR
dc.subjectLeito de jorropt_BR
dc.subjectFluidodinâmicapt_BR
dc.subjectAnálise espectralpt_BR
dc.subjectMonitoramentopt_BR
dc.subjectAnálise waveletpt_BR
dc.subjectSpouted beden
dc.subjectFluid dynamicsen
dc.subjectSpectral analysisen
dc.subjectMonitoringen
dc.subjectWavelet analysisen
dc.titleMonitoramento das transições de regime em um leito de jorro empregando a análise waveletpt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de curso de graduaçãopt_BR
unifesp.campusInstituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas (ICAQF)pt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/7740144753810520pt_BR
unifesp.graduacaoEngenharia Químicapt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record