A educação financeira nas redes sociais e sua influência no perfil do novo investidor brasileiro

Imagem de Miniatura
Data
2022-02-01
Autores
Nascimento, Ana Paula Santos [UNIFESP]
Orientadores
Carrera Junior, José Marcos [UNIFESP]
Tipo
Trabalho de conclusão de curso de graduação
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
O avanço da tecnologia e a expansão das redes sociais mudaram a forma de comunicação na sociedade atual. Muitos assuntos são debatidos e divulgados em proporções globais por essas plataformas e com a Educação Financeira não foi diferente. Houve um aumento de canais, websites e vídeos com essa temática, que engajam centenas de milhares de seguidores e gerando milhões de visualizações. Este trabalho tem como objetivo avaliar como esses conteúdos refletem no comportamento dos usuários das redes sociais, em específico no YouTube, e como moldam o perfil do novo investidor brasileiro que acompanha os conteúdos desses influenciadores financeiros. Para analisar esse nível de influência, foi elaborado um questionário eletrônico divulgado em grupos, lives e postagens em diversas plataformas digitais. Os dados obtidos mostram que mesmo com número crescente de inadimplentes segundo órgãos de crédito como Serasa e dados do IBGE, agravado também pela pandemia de 2020, a expansão do conteúdo pelas mídias sociais e maior acesso às informações tem impacto positivo em aqueles que segue esses canais financeiros, o que pode indicar o início da transformação do padrão brasileiro em relação ao consumo e quebrar o tabu sobre como lidar com o dinheiro em nossa sociedade.
The advancement of technology and the expansion of social media have changed the way society communicates nowadays. Many issues are debated and disseminated in global proportions on these platforms and regarding Financial Education it was no different. We could witness the increase of channels, websites and videos on this topic engaging hundreds of thousands of followers and producing millions of views. This work aims to evaluate how these contents reflect on the behavior of users of social media, particularly on YouTube, and how they shape the profile of the new Brazilian investor who accompanies the contents of these financial influencers. To analyze this level of influence, we elaborated and published an electronic questionnaire in groups, lives and other digital platforms, and we received 400 responses. The data obtained showed that even with an increasing number of defaults according to credit agencies such as Serasa and IBGE data, also aggravated by the 2020 pandemic, the expansion of content through social media and greater access to information had a positive impact on those who follow these financial channels, which may indicate the beginning of the transformation of the Brazilian standard in relation to consumption and break the taboo on how to deal with money in the Brazilian society.
Descrição
Citação
NASCIMENTO, Ana Paula Santos. A educação financeira nas redes sociais e sua influência no perfil do novo investidor brasileiro. 2022. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Ciências Contábeis) - Universidade Federal de São Paulo, Escola Paulista de Política, Economia e Negócios, Osasco, 2022.