Aplicações de inteligência artificial na saúde

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2022-02-02
Autores
Caldas, Tainá Moro [UNIFESP]
Orientadores
Moraes, Matheus Cardoso [UNIFESP]
Tipo
Trabalho de conclusão de curso de graduação
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
A quantidade de dados de saúde disponíveis cresce a cada dia, sejam eles obtidos por dispositivos vestíveis (wearables), por equipamentos de imagem médica ou por prontuários eletrônicos. A Inteligência Artificial (IA) surge como uma ferramenta capaz de transformar esses dados em informações, ampliando as possibilidades de tratamento, diagnóstico e prevenção de doenças para os pacientes, além de contribuir com o trabalho de profissionais da saúde. Neste trabalho são abordadas cinco aplicações da IA no setor da saúde: 1- IA na descoberta e no desenvolvimento de medicamentos, em que se usa a tecnologia para encontrar e compreender a relação entre os receptores da droga e desenvolver algo mais específico e com maior rapidez; 2- IA nas imagens médicas, para identificar anormalidades em imagens e gerar dados com base na distinção de tecidos; 3- IA para análises preditivas, que traz informações úteis para mitigação de riscos e prever o qual tratamento será mais eficaz para doenças; 4- IA em procedimentos cirúrgicos, auxiliando a execução de cirurgias mais precisas e menos invasivas, e 5- IA para monitoramento remoto de pacientes, que analisa dados coletados remotamente para facilitar a tomada de decisão dos médicos e alertar pacientes. Cada uma dessas aplicações foi estudada de forma analítica, a fim de se compreender como funciona a tecnologia, como pode ser aplicada, estudos clínicos, e analisar seu mercado atual, destacando quais empresas e produtos já estão disponíveis para uso geral. A Inteligência Artificial tem um futuro promissor e promete agregar positivamente na medicina, e assim, complementar o trabalho humano para ações mais preciso e eficaz.
Descrição
Citação