Trabalho em plataformas digitais: entregadores de aplicativos entre a esperança de ganhar bem e o risco de não ganhar nada

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2021-08-17
Autores
Ferreira, Beatriz Vieira de Castro [UNIFESP]
Orientadores
Lima, Laura Camara [UNIFESP]
Tipo
Trabalho de conclusão de curso de graduação
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Introdução: Os fenômenos de precarização, flexibilização e uberização do trabalho representam um atualizado cenário laboral que impõe um afastamento em relação aos direitos trabalhistas, tornando-se necessário investigar quais seus impactos nas vidas dos entregadores de aplicativos a eles submetidos. Objetivos: Investigar as percepções dos entregadores sobre a experiência do trabalho em aplicativos e observar o impacto da organização do trabalho na subjetividade. Métodos: Foi realizada uma pesquisa de cunho exploratório e qualitativo-compreensivo, recolhendo relatos de entregadores a respeito de seus cotidianos laborais por meio de videoconferências individuais. Resultados e discussão: Onze sujeitos, entre 20 e 46 anos, relataram suas experiências. Os entrevistados foram cooptados pelos valores liberais hegemônicos de autonomia e empreendedorismo e se apegam aos possíveis benefícios financeiros do trabalho, empenhando esforços para seguir prescrições que não são explicitadas. Ao mesmo tempo, constatam que não possuem controle sobre o trabalho e que a remuneração está atrelada às tendências de mercado, à arbitrariedade da gestão e à alta probabilidade de acidentes a que estão expostos. Considerações finais: A uberização expõe os trabalhadores ao isolamento, a prescrições não explicitadas e variáveis, dependentes de áleas externas em relação aos quais não têm controle e uma perspectiva de futuro trabalhista rodeada de incertezas.
Introduction: The phenomena of work’s precariousness, flexibilization and uberization of work represent an updated labor scenario that moves workers away from labor rights, making it necessary to investigate its impacts on the lives of delivery workers submitted to them. Objectives: To investigate delivery workers’ perceptions about the labor on apps and its impacts on their subjectivity. Methods: We carried out an exploratory and qualitativecomprehensive research, collecting workers’ reports about their daily work through individual videoconferences. Results and discussion: Eleven delivery workers, between the ages of 20 and 46 years reported their experiences. They were co-opted by hegemonic liberal values of autonomy and entrepreneurship, clinging to the possible financial benefits of their work and trying to follow prescriptions that are implicit, at the same time affirming that they have no control over their work and that remuneration is linked to market trends, management arbitrariness and the high probability of accidents to which they are exposed. Final considerations: Uberization of work exposes workers to isolation, to non-explicit and variable prescriptions, dependent on external sources over which they have no control and a perspective of future surrounded by uncertainties
Descrição
Citação
FERREIRA, Beatriz Vieira de Castro. Trabalho em plataformas digitais: entregadores de aplicativos entre a esperança de ganhar bem e o risco de não ganhar nada. 2021. 22 f. Trabalho de conclusão de curso (Graduação em Psicologia) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2021.
Coleções