Relação entre diâmetro bizigomático e bigoníaco em indivíduos saudáveis

Imagem de Miniatura
Data
2021-12-03
Autores
Wu, Giovane [UNIFESP]
Orientadores
Bommarito, Silvana [UNIFESP]
Tipo
Trabalho de conclusão de curso de graduação
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Objetivo: O objetivo desse estudo foi analisar a relação entre os diâmetros bigoníaco e bizigomático de indivíduos saudáveis. Método: participaram 126 indivíduos adultos saudáveis na faixa etária entre 18 e 39 anos. Foram realizadas anamnese, avaliação prosopométrica constituída por medição dos diâmetros bigoníaco e bizigomático com paquímetro ósseo CESCORF e avaliação da oclusão dentária, segundo Angle (1899). Resultados: Ao compararmos os diâmetros bizigomático e bigoníaco foi observado que os homens possuem ambas medidas maiores que as mulheres. Não houve variação significativa comparando o diâmetro bizigomático em pacientes com oclusão normal ou Classe I e, pacientes com maloclusão Classe I apresentaram diâmetro bigoníaco maior que pacientes com oclusão normal. Conclusão: O sexo masculino apresentou maior diâmetro bizigomático e bigoníaco comparado ao sexo feminino. As maloclusões apresentaram menor diâmetro bigoníaco comparado a oclusão normal.
Descrição
Citação
WU, Giovane. Relação entre diâmetro bizigomático e bigoníaco em indivíduos saudáveis. São Paulo, 2021. 27 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fonoaudiologia) – Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2021.
Coleções